A Lei do mais forte…

Perante uma moldura humana em número razoável (tendo em conta a condicionante do futebol às 19.15h) esta tarde o Vitória triunfou de uma forma natural e sem margem para dúvidas. Para a estatística fica o triunfo por 3-0 com os parciais de 25-18, 25-10 e 25-22 em 73 minutos.

No 1º parcial o diferencial de qualidade entre as duas formações foi notória. A equipa vitoriana foi sempre melhor em todos os parâmetros de jogo, sendo que abrandou o ritmo a meio do set quando o marcador já se encontrava bastante desnivelado. Aproveitou o adversário para somar alguns pontos e esbater o diferencial no marcador. Apesar desta situação foi sem surpresas que o Vitória finalizou o parcial com 25-18.

O 2º parcial terminou com um 25-10. Para se ter uma ideia do enorme desnivelamento basta dizer que na paragem do 2º tempo técnico o placard marcava 16-8. O Ginásio Vilacondense não teve reacção aos serviços do vitoriano Evandro. O distribuidor da equipa vimaranense começou a servir aos 11 pontos e só terminou aos 24 depois da tentativa falhada de fechar o set com um ás.

O 3º e último parcial foi o mais disputado, altura em que o Ginásio Vilacondense deu um ar de sua graça. A equipa de Vila do Conde chegou mesmo a ter uma vantagem de 4 pontos (10-14). Foi nessa altura que o Vitória esboçou uma reacção firme e anulou essa desvantagem. Apesar dessa melhor resposta ao jogo do Ginásio Vilacondense, o triunfo no parcial foi discutido ponto a ponto até final. Com naturalidade a mais valia do conjunto vitoriana sobressaiu e o triunfo por 25-22 foi perfeitamente merecido e justificado.

No próximo sábado dia 30 de Outubro o Vitória desloca-se a Lisboa para defrontar o Benfica. Este encontro será disputado no pavilhão nº 2 da luz e tem o seu inicio aprazado para as 16.00h.

Resultados deste sábado:
Esmoriz-Machico: 3-0
Castelo da Maia-Fonte Bastardo: 3-2
Leixões-Clube K: 3-2
V. Guimarães-Vilacondense, 3-0
Benfica-Ac. Espinho: 3-0

  Categories: