A opinião de …

VITÓRIA SEMPRE…

1 – Na minha última crónica, há um mês atrás, sob o título “Um apelo…”, apontei alguns aspectos que, permitam-me a imodéstia, vieram dar-me razão antes do tempo. Dizia então que “o nosso Vitória vive um momento de grande ansiedade, na medida em que não soube e não pôde capitalizar o excelente ínicio de época que protagonizou..Assim, tendo em conta a forte concorrência de vários clubes na disputa de um lugar europeu, entendo que estamos a um passo do CÉU e à mesma distância do INFERNO.”

Seguiu-se o tal APELO que correspondeu, em pleno, àquilo que todos ansiávamos – estamos na final da Taça de Portugal e o primeiro objectivo da época está alcançado: a presença na Liga Europa. E o grande obreiro desta façanha, sejamos justos, chama-se Emílio Macedo da Silva. Foi ele que, atentamente, delineou a estratégia e proporcionou a tranquilidade necessária para que se alcançasse este êxito.O tempo o dirá, mas estou convicto que este Presidente ficará na história do Clube, por ser aquele que melhores resultados desportivos conseguiu.

E agora, caros leitores, trata-se de uma final. E “as finais são para se ganharem”, como se diz neste mundo do futebol. Lá estaremos, de novo, desta feita com redobrada paixão, com o sentimento muito nosso e peculiar das nossas gentes, próprio de quem acredita sempre que esse momento chegará. Afinal, SOMOS ÚNICOS.

 

2 – Registei a entrevista de Alberto Oliveira publicada no Jornal Vitória. Grande coragem de um homem que conhece bem todos os
cantos de Santa Clara. Esclarecedora quanto baste, mostrando quase todas as razões das más relações da Câmara com o Vitória.

De facto, a Câmara ainda não percebeu ou não quer perceber que o Vitória é o maior embaixador de Guimarães e que poderia ser um verdadeiro potencializador de mais – valias que tornariam esta região mais forte, mais reivindicativa e talvez, economicamente, mais atractiva.

A continuarmos assim, seremos, pelo menos em termos desportivos, mais fracos. Atentem nisto, meus caros leitores, sem um apoio explícito da parte da Autarquia teremos muitas dificuldades em ombrear com os outros. Reparem o que se passa aqui ao lado com o Braga – sem esse apoio o clube não estava em todas estas frentes, com os resultados que conhecemos. Mais uns anitos e estaremos muito pior. Não se iludam!

 

Um grande abraço.

Alfredo Magalhães
Sócio nº 1580

  Categories: