Antevisão: Sporting B x Vitória B

Se a semana passada proporcionou a estreia absoluta do Vitória B em jogos oficiais, esta jornada dará lugar a outra estreia: o primeiro duelo do Vitória ante outra recém-criada equipa B.

O adversário será a formação do Sporting Clube de Portugal, que disputa os seus jogos da equipa B na condição de visitado no Estádio Municipal de Rio Maior. O encontro terá lugar este Sábado pelas 18:00 horas. Os bilhetes variam entre os 5 (sócios) e os 10 euros (não sócios).

 

 

O Árbitro

O juíz nomeado para este encontro é Rui Silva, que será coadjuvado pelos assistentes José Lima e Bruno Trindade.

Trata-se de um árbitro de Vila Real com 33 anos de idade, que iniciou a sua carreira profissional em 1996/1997. É um nome desconhecido à maioria dos espetadores portugueses mas nem por isso deixa de ser polémico.

Esteve suspenso durante 20 meses no âmbito do processo Apito Dourado mas conseguiu o regresso à arbitragem profissional, acumulando desde essa altura algumas arbitragens controversas como a amostragem de dois cartões amarelos a um jogador do Rio Ave sem a respetiva expulsão.

VITÓRIA SPORT CLUBE B

Questão técnico-tática

 O esquema tático assente num 4x2x3x1 deve manter-se inalterado para esta partida. O Vitória partirá com isso com as mesmas ideias e princípios de jogo que no encontro da 1ª jornada, que se baseiam num futebol fluído de pé para pé, tentando fazer a bola chegar aos flancos para aproveitar a velocidade e a técnica dos extremos e a capacidade física de Tiago Almeida.

Contudo e comparativamente ao encontro com o Covilhã na abertura do campeonato, Luiz Felipe não poderá contar com uma peça oriunda da equipa principal e ainda com Diogo Lamelas. Assim sendo, Dinis cede o seu lugar a  Bruno Alves e o capitão deverá ser substituído por Luís Rocha.

 

 

Bruno Alves se encarregar-se-á das transições defesa-ataque, atuando como um típico número 8. A Luís Rocha ficará entregue o flanco esquerdo do ataque devido à ausência por lesão do capitão Lamelas.

De resto a equipa mantém os mesmos jogadores com que iniciou o campeonato, tendo como pilares a forte linha defensiva onde despontam o trio de internacionais composto por Amorim, Vítor Bastos e Paulo Oliveira e servindo-se da criatividade e técnica de Tiago Rodrigues para alimentar os do goleadores do ataque.

 

 

Sporting Clube de Portugal B

O Sporting chega a esta segunda jornada sem nenhum ponto amealhado, após a derrota por 1-0 com a Oliveirense na estreia. Para além disso os leões perderam ainda a sua principal referência de ataque, o chileno Diego Rubio que foi expulso.

A equipa leonina está dotada de várias individualidades que podem fazer a diferença em todas as zonas do terrenos, de onde se destacam o consistente Pedro Mendes na defesa e o irreverente Bruma no ataque.

Mantendo a base da equipa de juniores onde por várias vezes defrontaram o Vitória, esta formação B do Sporting deverá apresentar um esquema e filosofia de jogo muito semelhantes aos Conquistadores de Guimarães.

 

 

 

 

O Sporting irá naturalmente tentar assumir o controlo do jogo desde o primeiro minuto de jogo, aproveitando o fator casa.

Cabe depois ao Vitória fechar bem os espaços e tornar a posse de bola dos da casa ineficaz, ao mesmo tempo que terá que ser sagaz e aproveitar ao máximo as suas saídas rápidas para o ataque.

Se os comandados de Luiz Felipe juntarem a agressividade e raça do jogo com o Covilhã à concentração defensiva e à eficácia na finalização terão com certeza a hipótese de derrotar um Sporting teoricamente mais forte, tal como a Oliveirense o fez.

 

  Categories: