[Antevisão] Vitória SC x Gil Vicente

Vitória SC x Gil Vicente

Depois do jogo da porta fechada chega o jogo da porta aberta. O Vitória c Gil Vicente marcará o regresso dos adeptos vitorianos ao interior do seu estádio, sendo que a direcção do Vitória decidiu também oferecer a cada sócio a oportunidade de convidar 5 amigos para ver o jogo, numa tentativa de dar mais uma resposta aos decisores de Lisboa.
Sobre o jogo em si, tudo aponta para que seja um jogo quente. O Vitória procura voltar ao 5º lugar aproveitando a visita do Estoril ao estádio da Luz, já o Gil Vicente procura garantir nesta jornada a manutenção depois de uma época decepcionante em relação à anterior.

O Vitória já apurado para a Liga Europa, com inscrição garantida esta semana, procura a melhor classificação possível sabendo que o 5º lugar lhe permite começar a época mais tarde, no caso de não ganhar a taça, logo Rui Vitória não está disponível para facilitismos ou descompressões e muito menos estará para ir aproveitando estes jogos para preparar o de dia 26.
Já o Gil Vicente sabe que qualquer ponto conquistado em Guimarães lhe dará a garantia quase absoluta de que continuará no principal escalão na próxima época, pelo que deverá vir ao D. Afonso Henriques dar tudo o que tem.

A Questão táctica

O Vitória está obrigado a mudanças no seu onze para este jogo. André castigado e Alex que não treinou normalmente durante esta semana logo será de esperar 2 caras novas no onze. Quem poderão ser? Tendo em conta o jogo em causa e a equipa adversária Rui Vitória deverá apostar em Kanu para a direita da defesa e em Barrientos para o meio-campo. Se o primeiro era uma opção natural, o segundo irá ultrapassar El Adoua e Crivellaro na corrida ao lugar no onze. A entrada de Barrientos no onze irá obrigar ao recuo de Tiago Rodrigues, mas atendendo a que o Vitória joga em casa e contra uma equipa mais defensiva como o Gil Vicente será a melhor solução. El Adoua poderia ser outra solução que obrigaria a menos mexidas na forma como os jogadores se posicionam, mas jogar com 2 trincos puros poderá ser um erro de casting, visto que o segredo do actual Vitória tem sido a forma como André transporta a bola e chega à frente. Já Crivellaro seria também uma boa solução, porém tem sido preterido sempre que aparece uma oportunidade no onze por outros jogadores, basta lembrar Belém.

O Gil Vicente jogará no seu habitual 4x3x3. Porém há várias dúvidas sobre o seu onze a começar na baliza. Adriano está recuperado e parece querer roubar o lugar a Murta. Na defesa tudo deverá ser igual com Paulo Arantes, Hallison, Sandro Cunha e Luís Martins. No meio-campo estarão André Cunha, João Vilela e Hugo Vieira, mais adiantado. Na frente mais dúvidas. Yero estará garantido, porém os seus apoios podem variar visto que César Peixoto passou toda a semana a contas com uma lesão, e como tal podemos ter Brito e Paulo Jorge a servirem de suporte ao avançado gilista. No caso de Peixoto jogar apenas um dos outros poderá jogar…

Barrientos VFC - VSC

A Chave da Solução

A chave da solução estará na capacidade de surpreender o adversário com as substituições efectuadas nas habituais equipas titulares. Os jogadores escolhidos para substituir os habituais titulares terão a chave do jogo, sobretudo se estiverem num bom dia e decidirem mostrar que tem valor para realmente serem titulares. Como tal Barrientos do lado do Vitória e Adriano do lado do Gil Vicente serão dois nomes a ter em conta. O primeiro porque tem criatividade e capacidade para a qualquer momento inventar uma jogada de outro mundo ou até fazer um bom golo. Já o segundo é capaz de impedir qualquer bom avançado fazer um golo, está habituado a ser uma parede entre os postes eu arriscaria mesmo dizer que está ao nível de Douglas.