António Sousa esteve em grande plano em Palma de Maiorca

António Sousa deslocou-se a Palma de Maiorca, no passado sábado,protagonizando um grande combate de boxe ante o atleta da casa Fraenko Musnios.

Sousa, ainda, a recuperar de uma grave lesão na perna direita, após fractura num combate de kickboxing realizado em Outubro passado, aposta agora na carreira de Boxe e desta vez foi combater na divisão de profissionais, numa gala internacional da modalidade.

Sousa, desde cedo tomou as rédeas do combate pressionando em toda a linha e obrigando, quase sempre, o seu adversário a fazer anti jogo ou a refugiar-se nas cordas, com o campeão vitoriano a dominar quase por completo o primeiro round.

No segundo assalto o campeão espanhol tentou dar a volta ao que se tinha passado no primeiro round estando melhor e venceu o segundo assalto.

Já no terceiro, Sousa voltou novamente à carga e terminou muito bem com clara impressão que venceu este assalto e foi no ultimo e quarto assalto que Sousa domina totalmente Fraenko Musnios em clara inferioridade física. Diga-se que o espanhol foi mesmo salvo pelo gongo após tamanho castigo que Sousa aplicou ao campeão local.

O publico aplaudiu de pé o fim do combate e a decisão dos juízes foi vitoria para o atleta da casa, mas ficou na retina de todos que o resultado foi injusto pelo grande coro de assobios que se fez ouvir no final da decisão.

Não estou chateado pela decisão porque todos que assistiram ao combate assobiaram a decisão dos árbitros e eu é que sou o atleta de fora, todos dizem claramente que eu venci o combate, ele só foi melhor que eu no segundo round mas nos outros fui sempre muito melhor do que ele. Em Espanha estas coisas são já habituais e os combates que cá venci foram por K.O porque senão já sabemos que a arbitragem é caseira.” – Comentários de António Sousa.

Secção de Boxe do Vitória Sport Clube
  Categories: