Comunicado

A Associação VitóriaSempre, vem através deste comunicado insurgir-se contra as últimas ocorrências para o dérbi de amanhã.

Em reunião mantida com a Polícia de Segurança Pública, Vitória Sport Club, Polícia Municipal, empresa de Segurança Privada, ontem de manhã, foi indicado pelo representante da PSP que os adeptos da equipa visitante, por questões de segurança não fariam a deslocação de comboio. Na mesma reunião ficou acordado o trajecto da camioneta do Vitória, que teria que o fazer pela Av. D. João IV, Muralha, Mumadona, Palheiros, Rua Gil Vicente, Estádio. Esta Associação interveio junto dos presentes, de modo a que o trajecto fosse efectuado pelo Toural, mas que por imposição das actuais regras de trânsito, e a fim de evitar cortes completos das ruas centrais de Guimarães e evitar burocracias com editais não foi aceite.

Hoje de manhã, com um volte face enorme, foi dada a indicação que os anteriormente referidos adeptos, sempre vão efectuar a deslocação pelo meio referido.

Para que esta deslocação seja feita com a máxima segurança, a PSP, procedeu à alteração do percurso feito pela camioneta, passando o mesmo a ser pela Av. D. Afonso Henriques (em contra-mão), Toural (em contra-mão), Rua Santo António, Rua Gil Vicente, Estádio. Ou seja, o que ontem era impossível, hoje já é perfeitamente possível, mas apenas porque a deslocação vai ser efectuada pelo meio de transporte que ontem não iria ser feito.

O início da viagem dos adeptos visitantes, que anteriormente estava marcada para as 17h, hoje já o está para por volta das 16h, e chegada á estação pelas 17h.

O trajecto que será feito pelos visitantes, será ao que tudo indica pela variante, pelo que terá que ser fechada ao trânsito, causando um enorme transtorno aos Vimaranenses e Vitorianos, que devido a este acontecimento, serão privados de utilizar os principais meios de acesso a Guimarães. Esta privação será principalmente notabilizada no comércio e restauração, que verá os seus clientes sem meio para se deslocarem ao seus estabelecimentos.

Também problemático será a chegada dos adeptos ao D. Afonso Henriques, pois devido à hora de chegada dos visitantes, também a Mega-Concentração estará a chegar, criando possíveis focos de violência, que mais uma vez, deixará a imagem dos Vitorianos manchada, por factos que jamais poderão ser imputados aos mesmos, mas sim a quem autoriza estes acontecimentos. A acontecerem estes desacatos, que desde já apelamos para que não aconteçam, será também manchada a imagem de Guimarães, na publicitação da Capital Europeia da Cultura 2012.

Não só antes do jogo, esta deslocação, terá impactos negativos no comércio, pois no final do mesmo, por volta das 21h15, os referidos adeptos terão que fazer o sentido inverso, transtornando todo o trânsito que é normalmente feito, bem como todo o normal fluxo de pessoas que se deslocarão ao Pavilhão Multiusos para assistir ao concerto do Rui Veloso.

Aguardamos o mais breve possível uma tomada de posição firme e convicta da Direcção do Vitória, dos responsáveis do Comércio Vimaranense, e de todos os Vimaranenses, pois devido a esta deslocação poderão ter que alterar todos os seus hábitos e costumes.

No caso de o pior cenário acontecer, gostaríamos de saber quem será responsabilizado por isso, se os elementos da segurança, que anuíram com todas estas alteração e regalias, se quem a organizou?? Esta Associação será a primeira a pedir responsabilidades caso algo aconteça, bem como fez questão de transmitir as várias preocupações que surgem no contexto vimaranense e vitoriano.

Associação VitóriaSempre

  Categories: