Noite para esquecer

O histórico já não era bom, a exibição pior ainda.

O Vitória entrou no reduto do FC Porto em contenção, dando oportunidade a uma total supremacia dos actuais campeões nacionais durante o primeiro quarto de hora da partida. A consequência foi o golo de Lucho à passagem dos 15 minutos de jogo. Com o golo o encontro abrandou de ritmo, mas tendência não mudou. Não mudou também o resultado: 1-0 ao intervalo sem um único remate do conjunto vitoriano.

No reatamento, Rui Vitória trocou Barrientos por Marco Matias, com efeito imediato na partida. Nos primeiros 10 minutos do segundo tempo, o Vitória rematou por 4 vezes, o que resultou em duas situações perigosas para a baliza de Helton. No entanto, o extremo vitoriano lesionou-se sozinho, depois de 17 minutos em campo. A sua substituição por Lalkovic marcou o jogo, uma vez que o Vitória voltou a encolher-se e de imediato sofreu o 2-0, após um tiro de Hulk de fora da área.

Um golo que a turma vimaranense sentiu e muito, quando ainda faltavam 25 minutos para os 90′. O mesmo é dizer que se as coisas estavam difíceis, pior ficaram e o clube da invicta marcou por mais duas vezes. Lucho de recarga e Jackson de penalti fecharam o resultado deste jogo da 2ª jornada da Liga Zon Sagres.

O próximo compromisso é dentro de uma semana. Dia 1 de Setembro, a nossa jovem equipa conta com o apoio dos vitorianos para, no D. Afonso Henriques, corrigir o resultado de hoje, frente ao recém-promovido Estoril.

  Categories: