Delac… O Futuro Das Redes Dos Balcãs! [Análise/Vídeo]

Hoje, o Vitória apresentou dois jogadores provenientes do Chelsea por empréstimo!

Um deles é o guardião croata, Matej Delac, um verdadeiro menino prodígio que, ainda nem a barba despontava, e já era titular na primeira liga do seu país, ao serviço do Inter Zaprezic.

Nascido em 1992 na Bósnia Herzegovina, as contingências da sangrenta guerra civil que assolou o seu país fizeram que rapidamente partisse, ainda bebé, para a vizinha Croácia. Aí adoptaria a nacionalidade croata e rapidamente mostraria a sedução que a baliza exercia no seu espírito… mal andava e em vez de sonhar rematar a chupeta rumo às redes, procurava defendê-la…

Assim sendo, não foi de estranhar que ingressasse nas escolas do Inter Zaprezic, onde, desce cedo, demonstrou possuir os atributos dos grandes guardiões da escola jugoslava: frieza entre os postes, reflexos felinos e aquela saudável loucura que distingue os lendários dos demais!

Aliás, com tamanhos atributos não seria de estranhar que fosse o jogador mais jovem de sempre a calçar na liga croata… com dezasseis anos e cento e oitenta e seis dias haveria de se estrear… e nada melhor que na estreia defender uma grande penalidade do internacional croata Davor Vugrinec… o miúdo mostrava nervos de aço!

Mantendo tal segurança na baliza, tornou-se uma primeira escolha óbvia e numa viagem da selecção sub-19 a Inglaterra, haveria de assinar pelo colosso Chelsea… apesar de continuar a jogar na Prva League pelo clube que o formou!

Aliás, seria neste escalão que despertaria o interesse do anterior seleccionador croata, Slaven Bilic, que o levaria ao europeu da categoria onde seria eleito um dos melhores guarda redes da comeptição…só um lance de génio do colega nos escalões jovens dos blues, o francês Gael Kakuta o impediria de chegar à final da competição, mas o cartão de visita estava entregue…

Posteriormente, os ingleses apostando forte no seu processo de formação haveriam de o enviar para a Holanda, para jogar no Vitesse Arhem… porém, no Gelredome nunca haveria de jogar, sendo que posteriormente haveria de ingressar nos checos do Ceske. Mais uma vez, não seria feliz, ainda que continuasse a ser o titular dos sub-21 croatas, sendo apontado pela imprensa local, como o dilecto sucessor de Pletikosa e a escala mais remota do mítico Drazen Ladic.

Surge, agora, no Vitória… e não duvidem que caso tenha uma oportunidade poderá ser um caso sério…a ver vamos!