Eleições da Associação VitóriaSempre

eleições AVS

Nos termos do Art.º 12 do parágrafo 2 dos Estatutos da Associação VitóriaSempre, convoco uma Assembleia-geral Ordinária para o próximo dia 11 de Julho de 2014, pelas 21:00h, a realizar no Cybercentro de Guimarães, situado no Complexo Multifuncional de Couros, Travessa de Vila Verde, com a seguinte ordem de trabalhos:

Ordem de Trabalhos

§ único – Eleição dos Corpos Sociais para o biénio 2014/2016.

GUIMARÃES, 10 DE JUNHO DE 2014

O PRESIDENTE DA ASSEMBLEIA GERAL,
EDUARDO ALVES

No próximo dia 11 de Julho de 2014 os sócios da Associação VitóriaSempre irão eleger os Órgãos Sociais para o biénio 2014/2016.

As listas candidatas deverão ser entregues à Mesa da Assembleia Geral até 30 de Junho de 2014.

Fica aqui o Regulamento Eleitoral para consulta dos associados:

REGULAMENTO ELEITORAL

Do Ato Eleitoral

Artigo 1º

1- Os corpos sociais são eleitos por um período de 2 anos.
2- Não poderão ser eleitos nem eleger ou votar, os sócios que não estejam no pleno gozo dos seus direitos ou também menos de 18 anos.


Artigo 2º

1- A eleição da Mesa da Assembleia Geral, da Direção e Conselho Fiscal faz-se por listas, em Assembleia Geral Eleitoral, convocada pela Direção cessante com uma antecedência mínima de 10 dias em relação ao termo do referido mandato.
2- As listas serão conjuntas para os três corpos sociais e deverão ser propostas por um mínimo de 10 sócios no pleno gozo dos seus direitos e rubricados pelos candidatos.
3- Só podem ser candidatos aos corpos sociais referidos os sócios efetivos no pleno uso dos seus direitos e com pagamento das quotas em dia, os sócios honorários e os sócios Beneméritos singulares.
4- As listas serão obrigatoriamente publicadas até 10 dias antes da reunião da Assembleia Geral Eleitoral.


Artigo 3º

1- As eleições serão feitas por escrutínio secreto e o apuramento por maioria absoluta dos votos expressos, excluídos os votos brancos e nulos.
2- No caso de nenhuma das listas obter uma maioria absoluta de votos expressos, haverá lugar a uma 2ª volta, no prazo máximo de 15 dias, à qual se apresentarão as duas listas mais votadas.


Artigo 4º

1- Cabe à mesa da Assembleia Geral designar os 3 sócios que exercerão os cargos de Presidente, Secretário e Escrutinador da Assembleia Eleitoral.
2- Ao ato eleitoral poderá assistir um representante de cada uma das listas, a indicar ao Presidente da Mesa da Assembleia.


Artigo 5º

1- A Mesa da Assembleia Eleitoral poderá exigir aos sócios a apresentação de comprovativo da sua qualidade de sócio, nomeadamente o cartão de sócio ou outro tipo de identificação previsto na legislação em vigor.
2- Não é permitido o voto por representação para as eleições dos corpos sociais.


Artigo 6º

1- Após o apuramento e publicação dos resultados, o Presidente da Assembleia Geral marcará o dia e hora da tomada de posse dos novos corpos sociais.


Da Substituição dos Órgãos Sociais

Artigo 7º

1- No caso de demissão de um ou mais elementos de cada um dos Corpos Sociais, os novos elementos serão designados por cooptação, pelos restantes membros desse órgão.
2- Se a demissão implicar falta de quórum para um órgão dos Corpos Sociais, com exceção da Direção, a nomeação caberá à Assembleia Geral, sob proposta da Direção.
3- Se a demissão prevista no número anterior for relativa à Direção e implicar falta de quórum, caberá à Assembleia Geral decidir da marcação de novas eleições.
4- Caso não sejam apresentadas listas concorrentes, compete à Assembleia Geral a eleição de novos Corpos Sociais.
5- Excecionalmente, a Direção poderá proceder à cooptação de dois vogais, como forma de atingir o número máximo de nove sócios. 

  Categories: