Emídio Guerreiro Contra A Maldicência!

ng2491051É uma declaração inequívoca…

Depois de ter sido público que os apoios às actividades não profissionais do Vitória constituíam um benefício fiscal, os arautos sulistas de uma suposta verdade que para eles funciona a duas velocidades, apressaram-se a lançar suspeitas sobre um hipotético favorecimento  indevido do actual Secretário de Estado da Juventude ao clube do qual é conselheiro.

Porém, hoje a verdade foi reposta…

Numa declaração clara, o membro do Conselho Vitoriano lamentou as infundadas suspeitas lançadas já que tais benefícios são permitidos a todas as entidades promotoras de desporto e associações dotadas de estatuto de utilidade pública desde que promovam actividades desportivas de cariz não profissional.

Anexou, ainda, ao comunidade os quarenta e seis pedidos concluídos entre 2012 e 2013 de modo a rebater as suspeitas lançadas pela comunicação social, acusando o Diário de Notícias de querer lançar suspeitas num processo liso e correcto.