Entrevista FUTEBOL de PRAIA do VITÓRIA

O futebol de praia vitoriano entrou de repente para a actualidade do clube. Com efeito, os bons desempenhos da equipa fizeram com que muitos vitorianos passassem a olhar para a modalidade com olhos de interesse.

Assim sendo nada melhor do que ir falar com alguns dos membros que permitem que este projecto seja possível.

MARCO RAMOS – DIRECTOR DA MODALIDADE

Como se deu a entrada do Vitória no futebol de praia ?
Depois de alguns anos a jogar no circuito regional, como entusiasta e adepto do Vitória notei que faltava um grande na elite do futebol praia, daí o projecto e nasceu o futebol praia no Vitoria,

Quais eram os objectivos iniciais?
Passava por em 5 anos ter uma equipa competitiva e lutar pelos primeiros lugares, pôr o clube e a cidade em todas as praias de Portugal.

Que evolução tiveram esses objectivos?
Aconteceu naturalmente, nos 2 primeiros anos conseguimos pôr 3 atletas formados no Vitória na selecção nacional, mas isso não chegava tínhamos que ser ambiciosos e melhorar lugares na tabela classificativa.Depois conseguimos resgatar a outros clubes atletas ambiciosos que acreditaram no projecto, permitindo alcançar o 3º lugar no nacional e o 2º lugar no torneio de elite este ano.
Reparem o projecto já vai em 4 anos e sempre que treinamos temos uma média de 30 a 40 pessoas a assistir.

Para esclarecimento, como funciona o mercado de transferências??
Não funciona, o grave problema é que só a FIFA pegou no futebol praia, eles só organizam os mundiais. Na UEFA, a modalidade encontra-se, apenas, em estudo.  Daí os jogadores serem livres de jogarem aonde quiserem.

Ou seja como isso permite que um jogador do VSC possa,também, ser jogador de um clube italiano e /ou russo??
Enquanto não haver uma entidade que regule os campeonatos UEFA e FPF os jogadores são livres.

A modalidade só é suportada pelos price-money?
Inicialmente era, depois veio o assédio de alguns clubes grandes e daí a necessidade de arranjar patrocínios para a secção. Assim conseguimos manter alguns, mas a maior parte saiu aliciado pelas contrapartidas de alguns clubes.

O futebol de praia recebe algum apoio da direcção?
Sim, o apoio é total e igual a todas as outras secções.

O que aconteceu no fim do jogo com o Sporting em Matosinhos?
Foi um misto de injustiça e revolta, quem assistiu ao jogo sabe que em condições normais o Vitória ganhava o jogo.
Mas são coisas normais no mundo do futebol…

Há sanções à vista?
Não.

Independentemente do factor arbitragem, é possível lograr o titulo?
Sim temos um leque de jogadores que nos dá garantias para isso, mas a ver vamos…

TIAGO MELO – CAPITÃO DE EQUIPA

Vê-se a erguer o troféu de campeão nacional, sabendo que se isso acontecer vai ser, tão somente o segundo capitão sénior do clube a fazê-lo?
Sim, com este grupo fantástico teremos hipótese de chegar ao titulo, já fui campeão nacional pelo Porto mas esta equipa dá mais garantias, temos um grupo de internacionais que passou pelas grandes competições internacionais.

Algum apelo a fazer aos Vitorianos para aparecerem nos jogos que se avizinham, em Vila do Conde, para a fase de apuramento do campeonato nacional?
Que apareçam, temos um futebol de qualidade que enche o olho a qualquer adepto da modalidade que venham apoiar esta equipa fantástica que muito tem sofrido com a falta de apoio, venham a Vila do Conde este fim de semana, à praia das Caxinas e apoiem.

LIMA PEREIRA – TREINADOR DA EQUIPA

Como funciona a definição táctica numa equipa de futebol de praia?
E muito simples, muito treino e muito trabalho depois tudo funciona. Jogamos de uma maneira simples em que a qualidade dos jogadores se ressalva.

Essa pergunta faz sentido, porque sendo só 4 no fundo todos serão avançados e defesas… mas, assim sendo, como se pode dizer que o Pedro Sousa, por exemplo, foi um dos melhores defesas do mundo?
No futebol de praia tudo ataca e tudo defende, depois temos jogadores mais fixos. O Pedro Sousa foi considerado o melhor do mundo na sua posição porque jogava a fixo, mas temos o Bruno Torres que é um dos melhores do mundo na sua posição e o Tiago Melo que sendo polivalentes podem jogar em qualquer posição.

A Associação VitóriaSempre agradece desde já a todos a disponibilidade demonstrada e deseja à equipa a melhor sorte do mundo.

Próximos jogos  (Praia das Caxinas – Vila do Conde) :

Vitória – Varzim na Sexta feira dia 15 pelas 21h;
Vitória – Rio Ave no Sábado dia 16  pelas 22h;
Vitória – Naval no Domingo dia 17 pelas 21h.

  Categories: