Equipa de Rui Vitória passa no primeiro teste

Sem Título

A equipa de Rui Vitória deslocou-se ontem a Vila das Aves para defrontar a equipa local, num jogo que serviu de apresentação para os homens comandados por Fernando Valente.  Num início de noite ainda com algum sol à mistura, a equipa de Rui Vitória venceu por duas bolas a zero o Desportivo das Aves. Os golos foram apontados na primeira parte por Tomané e Leonel Olimpío.

O vitória iniciou o jogo com o seguinte onze: Douglas, Pedro Correia, Paulo Oliveira, Josué, Luís Rocha, Leonel Olímpio, André André, Crivellaro, Hernani, Marco Matias e Tomané.

Uma primeira parte dominado pelo clube da cidade berço em que Douglas foi um mero espetador. A jovem defesa portou-se muito bem. O novo reforço, Pedro Correia esteve em destaque com um cruzamento feito para o segundo golo.  Um meio campo a funcionar muito bem e a construir jogadas ao primeiro toque.

O  primeiro golo foi apontado por Olimpío à entrada da área. O segundo golo foi apontado por Tomané depois de uma jogada bem trabalhada pelo meio campo e um belo cruzamento tirado por Pedro Correia.

Ainda na primeira parte Crivellaro saiu lesionado depois de uma entrada dura de um jogador adversário. Rui Vitória sabendo que ainda estamos em fase de pré época e que tem de poupar os seus jogadores, substitui o brasileiro por Barrientos que entrou e chegou mesmo a enviar uma bola ao poste ainda antes do intervalo.

O Vitória sairia assim para o intervalo, a ganhar por duas bolas a zero, resultado que se manteve até ao final da partida.

Após o intervalo o Vitória alinhou com: Assis, Amorim, Kanú, Freire, Addy, Siaka Bamba, Moreno, Fábio Vieira, Barrientos, Alex e Ricardo Gomes. Mais tarde acabaria por entrar João Pedro.

Na segunda parte a qualidade exibicional acabou por decair. Apesar de tudo assistiram-se a 45 minutos equilibrados. Em termos de oportunidades flagrantes registaram-se uma para cada lado: no Vitória o Siaka Bamba perdeu a oportunidade de marcar o terceiro após uma magnífica jogada individual do Moreno, que na sequência de um canto ultrapassa um jogador adversário na linha com um túnel e endossa a bola no marfinense, que perde a oportunidade para encostar. Do outro lado o avançado isolado acaba por falar perante uma bela mancha de Assis.

Cerca de meio milhar de adeptos vitorianos marcaram presença e apoiaram da melhor forma os seus conquistadores. Já este sábado em Moreira de cónegos pelas 20 horas são esperados ainda mais vitorianos para apoiar a formação de Rui Vitória. Para assistir ao jogo os vitorianos terão de desembolsar 5 euros que dá direito a 2 bilhetes.