Ex-jogador do Zenit admite ter subornado o árbitro no jogo com o Vitória em 2005

aaaa.cmp

@ Imagem do jogo entre o Zenit e o Vitória.

Quem não se lembra do Zenit – Vitória de 2005 para a Taça Uefa? Um roubo incrível que está na memória de todos os vitorianos numa época para esquecer. O árbitro da partida foi o sérvio  Dejan Delevic.

Hoje, Erik Hagen jogador do clube russo nessa época admitiu que juntamente com outros jogadores subornou o árbitro para essa partida. A notícia está a ser publicada por vários sites internacionais, entre eles o espanhol “As”.

O jogador norueguês em entrevista ao diário do seu país “Verdens Gang” (VG) afirmou que recebiam de prémio de jogo 12 mil dólares e que um colega de equipa antes do jogo disse que cada jogador deveria pagar 3 mil dólares ao árbitro para poderem ganhar o jogo. Erik Hagen, agora com 38 anos, disse que não reagiu bem a essa proposta mas os outros jogadores estavam de acordo e ele acabou por aceitar.

Recorde-se que nesse jogo o Vitória foi escandalosamente prejudicado numa série de lances. Na altura a direcção vitoriana apresentou uma exposição a UEFA mas sem qualquer sucesso.

Erik Hagen disse ainda que discutiu o caso com a Federação Norueguesa de Futebol mas depois nunca chegou a ser contactado pela UEFA…

Hoje depois disto fica a dúvida. O que será feito pela UEFA? Ou o que seria feito se isto envolvesse outros clubes? Já para não falar do silêncio da comunicação social portuguesa depois destas declarações.