Fátima x Vitória [ANTEVISÃO]

O Vitória começa a defesa do título já amanhã em Fátima, num encontro a contar para a 3ª Eliminatória da Taça de Portugal – primeira onde os clubes do escalão máximo competem. Desta feita é a valer e não haverá direito a segundas oportunidades, portanto a receita só pode passar por vencer, vencer e… vencer!

O desaire em Matosinhos não serviu para mais do que uma espécie de aviso ou de mote para o encontro de amanhã, onde qualquer relaxamento como o verificado por diversas ocasiões na supracitada derrota poderá valer uma eliminação! É, portanto, de esperar um Vitória ao seu habitual nível, ou seja, calibrado taticamente e munido de um bom espírito competitivo e de uma abordagem consciente ao jogo.

Após a rotação no onze operada na Taça da Liga (claramente a competição menos relevante), é de esperar um regresso à “normalidade” nas opções de Rui Vitória, isto é, desta feita serão os habitualmente titulares a entrar em campo amanhã. Assim, nomes como Douglas, Paulo Oliveira, Pedro Correia, Addy, Olímpio, e Marco Matias devem regressar ao seu posto natural e apetrechar a equipa de mais qualidade e consistência.

Sem Título

Um Vitória que voltará a vestir o fato macaco como avisou Rui Vitória na conferência de imprensa de antevisão ao jogo. O técnico não cede nem um milímetro e colocará em campo os melhores 11, exigindo uma atitude condigna com o estatuto de campeão em título independentemente da menor tarimba do adversário.
Dúvidas apenas na frente de ataque, onde se perfila a incorporação do jovem Tomané dado que o indiscutível Maazou continua a recuperar de lesão. Fernando Russi não passou no teste em Matosinhos, pelo que desta feita deve ser dada a oportunidade ao canterano que inclusivé já havia jogado na Supertaça.
Relembre-se que o matador nigerino também não estará disponível para a partida em Sevilha devido a suspensão, pelo que urge encontrar uma solução para esse importante encontro da Liga Europa. Veremos a quem Rui Vitória abrirá as portas, torcendo para que o escolhido vingue a oportunidade concedida já amanhã.

  O Adversário

O Fátima está neste momento no 3º lugar da Série F do Campeonato Nacional de Seniores, ainda assim já dista de 8 e 6 pontos respetivamente do 1º e 2º lugares, posições essas que permitem chegar à 2ª fase da prova, e lutar nessa particularidade pelo acesso à Liga de Honra, objetivo definido no início da época pelo conjunto Fatimense.

No comando Técnico do Fátima começou a temporada Nuno Domingos, porém à passagem da 4ª Jornada e após uma derrota, houve chicotada psicológica, entrando para Timoneiro da Equipa Bruno Saraiva, jovem Treinador que na última época evitou a despromoção do Olhanense na derradeira ronda da Liga Portuguesa de Futebol.

A nível tático, o Fátima ( já marcou 14 golos no Campeonato, uma média bastante interessante) joga num 1x4x3x3 ( no miolo do terreno, Jorge Neves e João Martins são 2 médios combativos e aguerridos, e tem no ainda jovem André Perre, o jogador mais tecnicista e virtuoso da zona intermediária,) devendo no jogo frente ao Vitória jogar com as linhas baixas e muito próximas, e apostar nas rápidas transições, pois conta com 2 extremos experientes, casos de Feliciano ( formado no Cabeceirense, já passou por clubes como o Vizela, Santa Clara e Leixões) e Pimenta ( já com muitos anos de Liga de Honra ao serviço do Covilhã e Oliveirense), alas que tem boa capacidade técnica e que contam com um bom poder de aceleração, situação que pode criar problemas à defensiva do Vitória.

Este Fátima,é portanto uma Equipa com alguma experiência ( o guarda – redes Tiago Martins, Fabeta, Nélson Sousa, Jorge Neves, Feliciano, Pimenta e o avançado Pedro Emanuel), o que aliado a alguma juventude ( jogadores como o lateral esquerdo Pedro Galvão e o já falado André Perre querem mostrar que ainda podem chegar a outros palcos), pode criar dificuldades ao Vitória, que terá que ter o máximo respeito pelo opositor que terá na tarde deste Sábado.

 

  Categories: