Fundo De Investimento Garante 4M€ Aos Cofres Vitorianos

Depois da acalorada Assembleia-Geral em que os sócios Vitorianos reprovaram as contas do clube referentes à época transacta, Emílio Macedo da Silva partiu de seguida para o estrangeiro com um único objetivo – o encaixe imediato de dinheiro.

Podemos então agora informar que esta deslocação foi bem sucedida, ao ponto que Emílio M. da Silva conseguiu um encaixe imediato de dois milhões de euros, e posteriormente, seguir-se-á nova tranche de igual valor.

Assim, para garantir este investimento, Emílio M. da Silva colocou em cima da mesa o passe de alguns jovens jogadores, tais como Rafa, Paulo Oliveira, Dinis, João Amorim, Paulo Oliveira, Tomané ou até mesmo de Targino.

Resta-nos saber, que passes o Fundo de Investimento liderado pelo antigo “homem forte” do Chelsea, Peter Kenyon, e ainda mediado por Jorge Mendes, escolheu e que servirão de contrapartida ao presente empréstimo.

  Categories: