Isto É Ser Vitoriano?

Será que ser vitoriano, como Manuel Machado se arroga, é, numa semana em que importa lutar contra o sistema e contra os podres da arbitragem, após a roubalheira na Luz, chamar as atenções para si e para uma hipotética teoria da conspiração?

Com isto, Manuel Machado dá, simplesmente, à imprensa o que ela quer… um espaço de diversão, o dito fait-divers para não ter que falar do sucedido em Lisboa… e houvera tanto para falar!

Manuel Machado, como tantas vezes que errou no timing das substituições, voltou a enganar-se no timing, mas desta vez de falar… chamando para si as atenções, colocando o país a falar em cozinhados e porcarias, fez o favor à imprensa subserviente e com ligações aos clubes do sistema: ocultou o essencial do fim de semana, que foi o assalto escabroso que o Vitória foi vítima, passando para o topo da actualidade vitoriana um assunto que após a sua saída, deveria ficar morto e enterrado.

Citando o Rei de Espanha era caso para dizer porqué no te callas?