Júlio Mendes faz ultimato, Pinto Brasil já reagiu

 

O Presidente do Vitória Sport Clube deu hoje uma entrevista ao jornal ABola, onde fala sobre os 50 dias de mandato e das decisões difíceis que teve de tomar, assim como da Assembleia Geral Extraordinária, marcada para amanhã.

Júlio Mendes aborda temas como o prejuízo que seria a inscrição na Liga Europa (que seria em vão) e os critérios para as contratações do Vitória, entre outros temas. Mas o prato forte de toda a entrevista foi para as condições financeiras do nosso clube.

O Presidente revela que apenas 3 dias após a sua tomada de posse, foi obrigado a despender o dinheiro que tinha guardado para os salários, com o fim de pagar dívidas ao Estado, das quais dependiam o futuro imediato do Vitória. Por isso mesmo, Júlio Mendes reafirma que a situação é dramática, e faz um ultimato aos associados: se o Relatório e Contas de 2010/11 e as garantias reais que irão ser pedidas pela direcção aos sócios (na Assembleia Geral de amanhã) forem reprovadas, o Vitória fecha portas.

Pinto Brasil reagiu em comunicado e de forma dura. O candidato derrotado nas eleições de 31 de Março acusa a direcção de ter uma “agenda escondida”, de “faltar às promessas” e de “falta de vergonha em não assumirem a sua incapacidade e irem embora com um mínimo de dignidade”.

Pode (re)ler toda a entrevista de Júlio Mendes aqui.

  Categories: