Vitória perde injustamente com o Maritímo (2-1)

@ Mais Futebol - Imagem da partida.

@ Mais Futebol – Imagem da partida.

O Vitória deslocou-se à ilha da Madeira para  fechar a 22ª Jornada da Liga Zon Sagres.

Conhecendo os resultados dos seus adversários directos na luta pela Liga Europa, a equipa de Rui Vitória apenas tinha um resultado na mente, a vitória. Em caso de vitória, o Marítimo poderia alcançar o Vitória no 7º lugar. Do outro lado os homens de Guimarães poderiam, em caso de triunfo, ultrapassar o rival SC Braga e chegar à 6ª posição (um lugar que era seu).

Os primeiros 30 minutos da partida foram algo “frouxos”. Nenhuma equipa foi capaz de criar perigo junto da área adversária. Ainda assim, os maritimistas adiantaram-se na partida ao minuto 34. Cabeceamento de Derley ao ferro, após má saída de Assis, com Weeks a aparecer oportuno na pequena área e a fazer o primeiro golo da noite. A equipa de Rui Vitória descia aos balneários a perder por uma bola a zero. 

Na segunda parte da partida as coisas foram totalmente diferente daquilo a que se tinha assistido na primeira metade. Foi a equipa de Pedro Martins a primeira a introduzir a bola no fundo da baliza, mas já não contava. Lance duvidoso entre Derley e Addy, com a bola a acabar na baliza de Assis, mas já com o jogo interrompido. 

A reposta vitoriana surgiu pouco depois. Num bom cruzamento de Maazou na direita e João Diogo, com um corte infeliz, a introduzir a bola na sua própria baliza. Caso não tivesse cortado a bola, estaria Malonga no lado esquerdo para encostar. Estava assim estabelecida a igualdade no marcador.

De seguida aconteceram duas grandes oportunidades, uma para cada lado. Primeiro foi Danilo Dias a atirar perto do poste esquerdo da baliza de Assis, após excelente desmarcação de Derley. Mais tarde, Rafael Crivellaro enviou a bola ao poste direito da baliza de Salin. Estavam por cima os vimaranenses.

Apesar de tudo, acabaria por ser o Maritímo a chegar ao segundo golo. Aos 77 minutos Derley, com um cabeceamento muito colocado, dá o melhor seguimento a um excelente cruzamento de Artur. Inconformados com o resultado, os homens da cidade berço procuravam chegar à igualdade. Arriscou também Rui Vitória ao lançar Hernâni para o lugar de David Addy, mas não surtiu sucesso.

Com este resultado, o Vitória desce ao 7º lugar com os mesmos pontos que SC Braga e Marítimo. Na próxima jornada os homens do Berço da Nação recebem o Gil Vicente. Mais uma partida importante para a luta pelo objectivo europeu que terá início às 20:15 do próximo sábado no Estádio D. Afonso Henriques.

Ficha de Jogo:

Estádio: Estádio dos Barreiros
Árbitro: Jorge Tavares (A. F. Aveiro)
Árbitros Assistentes: Pedro Miguel Ribeiro e José Oliveira

Onze inicial do CS Maritímo:  Salin, João Diogo, Patrick Bauer, Márcio Rozário, Luís Olim, Weeks (66′ Rúben Brígido), Danilo Pereira, Nuno Rocha, Danilo Dias (79′ João Luíz), Derley, Artur,
Suplentes não utilizados: Briguel, Fidelis, Fábio Santos, Alex Soares, Wellington.

Onze inicial Vitória SC: Assis, João Amorim, Paulo Oliveira, Moreno, David Addy (86′ Hernâni), André, André Santos, Malonga, Crivellaro (79′ Nii Plange), Barrientos (67′ Tomané), Maazou.
Suplentes não utilizados: Leonel Olímpio, Josué, Tiago Rodrigues, Miguel Oliveira

Vote no Fórum da AVS no MVP da partida!