Crónica de uma arbitragem anunciada

 

A equipa B do Vitória deslocou-se hoje ao Estádio da Luz para defrontar o Benfica B, em jogo a contar para a 10ª jornada da II Liga. Um jogo que apenas foi decidido pelo árbitro da partida, Nuno Almeida.

Aos 23 minutos a turma vitoriana via-se a perder por 2-0, com os golos adversários a serem apontados de forma irregular. Primeiro, aos 14′, M.Rosa inaugura o marcador em fora-de-jogo. 9 minutos depois, Nuno Almeida vê o que mais ninguém viu e inventa uma grande penalidade favorável à equipa secundária do Benfica. Ivan Cavaleiro não falhou.

Aos 30 minutos, Lamelas reduziu a desvantagem, depois de uma bela jogada de futebol, atenuando a injustiça para uma equipa que foi superior ao adversário durante o primeiro tempo.

Na segunda parte a qualidade de jogo diminuiu, muito em parte devido à péssima arbitragem de Nuno Almeida, que inventava faltas contra o Vitória e perdoava as entradas dos jogadores de um Benfica que terminou o jogo a queimar tempo.

Apesar da derrota, o universo vitoriano vê nesta partida mais uma prova que estes jovens são o futuro do Vitória. Eles contam por isso com o seu apoio no próximo compromisso, já dia 28, na recepção ao Feirense.

  Categories: