[Voleibol] Seniores Masculinos / Sen. Masculinos B e Seniores Femininas

VITÓRIA NAS MEIAS-FINAIS DA TAÇA DE PORTUGAL

Bom jogo do Vitória em Vila do Conde a pronunciar uma entrada em grande na 2ª. Fase do Campeonato Nacional da Divisão A2.
Apesar de parecer, pelos parciais, que houve algum equilíbrio no jogo, ele foi mais aparente do que real.
Os dois primeiros sets foram muito igualados no seu início com o Vitória a destacar-se durante a disputa dos mesmos e a ter de aumentar a atenção no final para terminar ambos os sets na frente.
O Vitória esteve menos bem no ataque do que tem sido habitual, com mais erros do que nos últimos jogos, mas mesmo assim a sua superioridade foi acentuada.
O terceiro set poderia até ter pendido para os vitorianos e o jogo ter terminado logo ali, mas acabaram por ser os vilacondenses a vencer nas vantagens e a trazer mais alguma emoção ao jogo.
No quarto set o Vitória entrou forte e chegou ao primeiro tempo técnico com uma vantagem de 8-1 que foi sendo controlada até ao final do set e do jogo.
De realçar o regresso de outro dos atletas que esteve lesionado, João Fidalgo, e que se mostrou plenamente recuperado realizando um bom jogo.
De fora ficaram desta vez Gilson França e Fernando Ribeiro, a contas com pequenos problemas físicos mas que são plenamente recuperáveis para os jogos importantes que se aproximam com Benfica (dia 19 pelas 15,00h com transmissão pela SportTv) e Sp. Espinho (dia 26 pelas 16h), para o início da 2ª. Fase do Campeonato.
Nas meias-finais da Taça de Portugal, a acompanhar o Vitória, estão o Benfica, Sp. Espinho e Fonte do Bastardo, os quatro primeiros classificados do Campeonato da Divisão A1, cujo sorteio se realiza no dia 23 de Fevereiro.

FICHA DE JOGO

GIN. VILACONDENSE: 1
VITÓRIA S.C.: 3
Pavilhão Municipal de Vila do Conde

Árbitros: Marcelino Tavares e Rui Ferreira, ambos da A.V. Porto
Parciais: 23-25 (28’); 23-25 (28’); 26-24 (31’); 20-25 (28’)

VILACONDENSE : Tiago Leite (12), Fábio Milhazes (2), Pedro Rosas (15), Rafael Kager (19), Luis Moreira (8) e Bruno Sousa (11) – seis inicial – António Bompastor (líbero), João Paulo, Fábio Lourenço, António Guimarães, Valdir Reis (2) e Rui Moreira (1).
Treinador: Hugo Silva e José Pedro Fontes.

VITÓRIA SC: Tomás Aldazabal (14 pontos), Roberto Reis (10), Kibinho (14), Danilo Carvalho (5), Evandro Batista (7) e Joan Llanés (6) – seis inicial – João Fidalgo (libero), Francisco Fabião, Cristovão Silva, Nuno Silva e Nelson Brízida (cap) (11).
Treinadores: Nuno Coelho e Mário Simões.

RESULTADOS DOS ¼ FINAL DA TAÇA:
– Vilacondense – VITÓRIA S.C., 1-3 (23-25; 23-25; 26-24; 20-25)
– Aliança Ovar – Fonte Bastardo, 0-3 (14-25; 17-25; 15-25)
– Sp. Espinho – Marítimo, 3-1 (27-25; 23-25; 25-10; 25-21)

– Benfica – Ac. S. Mamede, apurado o Benfica por desistência da Ac.S.Mamede

2ª. FASE COMEÇA COM UMA VITÓRIA TRANQUILA

Enquanto se aguarda por uma resolução da Federação relativamente ao caso que envolve a equipa B do Vitória, as competições, quer a 2ª. Divisão, quer a 3ª. Divisão, vão-se desenrolando.
Com a equipa do Vitória remetida para a 3ª. Divisão, o primeiro jogo dos vitorianos nesta 2ª. Fase decorreu este fim-de-semana, com uma vitória tranquila sobre o C.C.P. Alto Douro, da Régua, por um claro 3-0 (25-13; 25-19; 25-21).
O jogo não trouxe grandes dificuldades em termos técnicos à equipa do Vitória, cuja principal dificuldade foi mesmo encontrar motivação.
Depois de se ter cumprido a primeira parte dos objectivos da época com o apuramento para a 2ª. Fase da 2ª. Divisão, é agora difícil motivar esta equipa para disputar o Campeonato Nacional da 3ª. Divisão. Os jovens atletas do Vitória vão agora tentar conquistar o título da 3ª. Divisão e mostrar em campo que de facto são melhores, desportivamente, que várias das equipas que estão a disputar a Divisão acima.
Neste primeiro jogo a equipa entrou forte, com uma disposição atacante muito boa e com vontade de terminar cedo com o jogo. Apesar de alguns erros defensivos no segundo set, o Vitória esteve sempre uns furos acima do seu adversário e acabou por obter uma vitória fácil, igualando o Castêlo da Maia no primeiro lugar da Série.

RESULTADO DA 2ª. JORNADA:
– VITÓRIA S.C. – C.C.P. Alto Douro, 3-0 (25-13; 25-19; 25-21)

CLASSIFICAÇÃO – Série B:

Equipa Pts Jogos Sets
V D Ganhos Perdidos Racio
1 VITÓRIA S.C. 3 1 3 0 Máx.
2 Catêlo Maia 3 1 3 0 Máx.
3 C.C.P. Alto Douro 0 2 0 6 0,000

VITÓRIA PERDE COM O C.V. LISBOA

Nesta fase final da 1ª. Fase do Campeonato Nacional da Divisão A2 a equipa do Vitória tem apresentado melhorias no seu jogo, que no entanto não foram suficientes para levar de vencida a equipa do C.V.Lisboa.
A equipa lisboeta venceu por 3-2 (25-23; 16-25, 23-25; 25-15; 15-11) e acabou por ser superior ao Vitória que apesar de ter estado bem nos dois sets que venceu não foi suficientemente consistente para se superiorizar ao seu adversário.
O Vitória esteve sempre a perder no primeiro set, mas andou perto no marcador e pecou pelo serviço, acção em que falhou cerca de 50% dos efectuados.
No segundo set a equipa esteve muito bem. Não parecia sequer a mesma do primeiro set, conseguindo suplantar as lisboetas tanto na defesa como no ataque e desta vez com um serviço mais efectivo.
Logo de seguida, e aproveitando a embalagem criada no set anterior o Vitória voltou a mostrar serviço até aos 20 pontos onde chegou a vencer 20-16, mas daí até final as coisas já não correram tão bem, acabando por vencer com alguma felicidade por 25-23.
Pensou-se que as vitorianas teriam dado um passo importante rumo à vitória, mas uma entrada algo atabalhoada no quarto set deitou tudo a perder com o C.V. Lisboa a distanciar-se até aos 13-5 e não mais perder a vantagem alcançada.
No set final, que costuma ser de lotaria, voltou a suceder isso mesmo, com as duas equipas a andarem na frente e a perderem a vantagem, criando alguma emoção. As atletas de Lisboa acabaram por ser mais frias e controlar melhor as emoções terminando na frente, do set e do jogo.

RESULTADOS DA 17ª. JORNADA:
– VITÓRIA S.C. – C.V. Lisboa, 2-3 (23-25; 25-16; 25-23; 15-25; 11-15)
– Juv. Pacense – G.D. Cascais, 3-0
– Sp. Espinho – Castêlo Maia, 0-3
– Boavista – Ac. Coimbra, 3-0

CLASSIFICAÇÃO:

Equipa Pts Jogos Sets
V D Ganhos Perdidos Racio
1 Univ. Lusófona 39 13 2 42 11 3,818
2 Castêlo Maia 38 13 2 41 13 3,154
3 Boavista 36 12 4 39 19 2,053
4 Juv. Pacense 27 9 6 32 22 1,455
5 Sp. Espinho 27 9 6 32 26 1,231
6 Ac. Coimbra 18 6 9 23 32 0,719
7 VITÓRIA S.C. 8 2 13 15 40 0,375
8 C.V. Lisboa 6 2 13 10 42 0,238
9 G.D. Cascais 5 2 13 12 41 0,293

Secção de Voleibol Vitória Sport Clube