O €uro Poder… [Fotos]

O Vitória alcançou esta tarde o empate frente a uma das equipas da segunda circular.

Uma equipa que vinha de um acto eleitoral polémico, mas que mostrou a todo o país que existe novo poder (€’s) nessa equipa, atendendo ao “trabalho” da equipa de arbitragem, que tudo fez ao seu alcance para que os três pontos seguissem viagem para Lisboa, com uma dualidade de critérios tremenda, ao mostrar vários cartões amarelos aos jogadores Vitorianos, e ao não castigar os jogadores visitantes, por faltas durissímas, atrasos e toques de bola propositados, após interrupções de jogo, marcação de grande penalidade fantasma, e não o fazendo a favor do Vitória, por situações bem piores…

Se na primeira parte, o Vitória não teve grande capacidade atacante, já na segunda a conversa foi outra… Continua-se a não se perceber o porquê de Rui Miguel não jogar de início, uma vez que com ele em campo, o Vitória é muito mais fluído e atacante…

Quanto à restante equipa, estiveram bem, como disse anteriormente, em especial na segunda parte, e lutaram para negar aquilo que a arbitragem queria. Essa luta acabou por surtir efeito, ao terceiro de quatro minutos de desconto, com um golo de João Paulo. O árbitro da partida certamente estará arrependido de ter dado os quatro minutos…

Valeu um ponto para o Vitória no final da partida, e os milhares de Vitorianos presentes no D. Afonso Henriques poderam festejar um golo, com muita euforia e muita raiva…

Aproveito estas últimas linhas para mencionar duas coisas, que para muitos podem parecer insignificantes, mas para tantos outros são e foram motivo de contestação…

Primeiro, a pouca vergonha que foi ver as meninas de uma empresa de apostas online, que patrocina o Vitória, nas entradas do Estádio D. Afonso Henriques, vestidas de vermelho e branco… A direcção do Vitória não tem poder, ou inteligência para exigir que nestes eventos se vistam as cores do nosso grande clube???

Outra chamada de atenção, também para a organização do jogo, em que insiste em embirrar com os adeptos do Vitória, que embelezam o estádio com as suas bandeiras, faixas e estandartes, sem que o façam com os adeptos visitantes… Hoje a equipa de segurança (que apenas segue instruções), foi constantemente informada pela direcção do jogo, que estava uma bandeira de Portugal a tapar meia dúzia de centímetros da publicidade de uma loja em Guimarães, quando os adeptos visitantes, tinham faixas a ocupar tanto ou mais espaço de uma outra publicidade e nada fizeram, mesmo depois de alertados… Note-se que no último jogo do Vitória em Coimbra, a organização do jogo, nunca implicou com os adeptos Vitorianos, devido a publicidades que estavam totalmente tapadas… É lamentável que a direcção continue a compactuar com estas atitudes…. E não queira o D. Afonso Henriques vestido a rigor, para apoiar os seus jogadores…

FOTOS AVS