Paços de Ferreira – Vitória (Antevisão)

Questão Técnico – Tática

A Liga para o Vitória prossegue esta 6ª feira na Capital do Móvel, onde os branquinhos terão pela frente o Paços de Ferreira. Espera-se uma partida emotiva, e onde o Vitória tentará dar continuidade ao triunfo alcançado na última jornada ante o Marítimo. Será um jogo, onde os conquistadores poderão também dar um passo muito importante, para a consolidação do 5º lugar, que sempre foi uma posição que o Técnico e responsáveis do Vitória, assumiram desde o inicio da época como objetivo premente.

Para o jogo com os “castores”, e em comparação à última jornada, é esperada uma alteração no onze, mais concretamente no lado esquerdo da defesa.

No quarteto defensivo, Alex tem feito uma excelente época e continuará a ser dono e senhor do lado direito. No eixo da defesa o maliano N’Diaye apesar de ainda ser algo “ingénuo”, fruto da sua tenra idade mostra muito potencial. A seu lado estará o experiente João Paulo, que na recta final da época, mostra melhor condição física, e dessa forma “empresta” mais qualidade e consistência ao sector defensivo.

Na esquerda, Bruno Teles está longe da sua melhor forma, e tem acumulado erros primários, que tem custado pontos à equipa. Assim sendo, o lateral canhoto que tem sido sempre aposta de M.Machado, vai ver este jogo da bancada, sendo Anderson Santana ou Jorge Ribeiro a escolha para o lado canhoto da defesa.

No meio campo, destaque para Clebér, pois o brasileiro mostra estar num excelente momento de forma, tanto a nível físico, como tátíco, pois tem dado muita segurança à zona intermediária.

Também Rui Miguel, no último jogo, mostrou que a sua presença no onze é fulcral, pois o jogo dos branquinhos com a sua batuta mostra outra “alma” e virtuosismo.

Na frente de ataque, Toscano tem subido muito de produção, fazendo jogos de qualidade, e com muita raça à mistura.

Faouzi, apareceu na última jornada e mostrou que pode também ser uma opção muito válida para o que ainda resta da temporada.

Já Edgar, mostra não estar com muita confiança, prova disso foi o último jogo. Ainda assim, a sua presença no onze é importante pois o brasileiro é uma referência na área e ”prende” os defesas adversários.

O Vitória deve então apresentar-se em Paços com a seguinte equipa:

Adversário: Paços de Ferreira

O conjunto Pacense, já não vence para a Liga à 6 jornadas, mas ainda assim continua na luta pelo 5º lugar, apesar de o clube não se ter inscrito na Liga Europa.

O Paços a jogar no seu terreno, é sempre um adversário muito incómodo para qualquer equipa.

A equipa orientada por Rui Vitória gosta de jogar um futebol de qualidade, privilegiando o futebol de ataque.

A nível tático o Paços joga num a variante assente num 1x4x3x3, com as rápidas e bem elaboradas transições ofensivas a serem a imagem de marca dos “Castores”.

Na baliza, os pacenses contam com o experiente guarda-redes Cássio, que alterna as boas exibições, com algumas gaffes, que já valeram desaires à equipa.

A nível defensivo, destaque para a qualidade dos seus laterais, pois são muito ofensivos, tanto Baiano à direita, como Maykon na canhota dão muita profundidade à equipa.

A dupla de centrais constituída por Ozeía e Cohene, é imperial no jogo aéreo, e muito possante, mas denota lentidão em demasia.

Na zona intermediária, os pacenses contam com um trio de excelente qualidade. André Leão, é um trinco que sabe sair a jogar, Olímpio é o pulmão da equipa, e o canhoto David Simão dá o toque de magia ao meio campo.

Na frente de ataque, nas alas jogam Manuel José à direita um jogador muito disciplinado tacticamente, e que faz cruzamentos com “régua, esquadro e compasso”. Na esquerda joga o tecnicista e irreverente Pizzi, ele que tem feito uma bela temporada. A referência na área é o venezuelano Rondón, um avançado muito móvel e perigoso nos rápidos contra ataques pacenses.

No banco, atenção ainda ao “pequeno” Caetano muito tecnicista, e a Nelson Oliveira que é um avançado com instinto goleador.

O Vitória já não vence na Capital do Móvel à 8 anos, por isso é hora de lá trazer o triunfo para o Berço da Nação.

Força Vitória e Vitória Sempre!

  Categories: