Portimonense VS Vitória (Antevisão)

simbolos antevisão

O Vitória joga esta 4ª feira, pelas 18 horas em Portimão diante do Portimonense, em ronda a contar para a 40ª Jornada da Segunda Liga.

Será um desafio, onde o Vitória vai jogar uma cartada decisiva no que diz respeito à manutenção no segundo escalão do futebol nacional, pois só o triunfo pode evitar desde já a descida de divisão.

Ainda assim, o importante é o Vitória ganhar os 3 pontos, para se aproximar do antepenúltimo lugar, que no final da época pode fazer com que haja uma “repescagem” para o próximo campeonato da Segunda Liga.

Para o jogo em terras Algarvias, Armando Evangelista, em relação ao último jogo frente ao Leixões, irá apenas fazer uma alteração na Equipa, mais concretamente na frente de ataque, com Tiago Almeida a sair do 11 por castigo, e a entrar para o seu lugar o venezuelano Darwin Machís.

Com esta alteração forçada, Tomané vai ser a referência na área, e Índio e Machís vão jogar nas faixas do ataque Vitoriano.

No restante da Equipa, não haverá qualquer mexida por parte do Técnico Vitoriano, que vai manter a sua formação a jogar no habitual 1x4x3x3.

O Vitória não tem nada a perder, nesta particularidade tem que tentar jogar no campo todo (é importante ser criterioso no passe, e  neste detalhe João Pedro tem estado bem, e explorar a velocidade e o repentismo dos extremos), procurando ter a felicidade do seu lado.

Do lado do Portimonense, o conjunto de Lázaro Oliveira, tem feito um campeonato muito positivo, e matematicamente ainda está na luta pela subida, ainda que essa possibilidade seja muito remota.

Em sua casa, o Portimonense apenas foi derrotado duas vezes, e frente aos 2 primeiros classificados, o que atesta as dificuldades de se vencer em Portimão.

A nível tático, Lázaro coloca a sua Equipa a jogar em 1x4x3x3 (um triângulo invertido na zona intermediária),  e a aposta num futebol apoiado (conseguem desta forma com relativa facilidade chegar a zonas de finalização), onde aqui sobressaem jogadores como Fábio Felício, Quinaz  e Luíz Zambujo, médios de ligação ao ataque, que gostam de ter a bola no pé e de fazer uma boa circulação de bola.

Ainda nesta formação algarvia, destacam-se outros jogadores, casos de Rúben Fernandes (central de qualidade, e que na próxima época vai representar o Belenenses na Liga), Wakaso (é um “poço de força”, e  tem uma excelente ocupação de espaços no miolo do terreno), e o goleador Simmy (o gigante e esguio avançado, tem feito uma excelente temporada, levando já 12 golos na prova).

É portanto de se prever um bom espetáculo de futebol, e onde se devem registar golos para ambas os conjuntos.

Espera-se que no final da partida, seja o Vitória a Equipa que tenha sido mais eficaz, e traga os 3 pontos na bagagem, o que a se proporcionar, fará com que ainda haja alguma esperança na manutenção no segundo escalão.

Força Vitória!