Resumo da semana

 

Depois de uma das semanas mais calmas dos últimos tempos do Vitória, a semana que passou ficou marcada pela confirmação da equipa B e do seu treinador, bem como pela Assembleia Geral Extraordinária. O desempenho da formação de Basquetebol também merece destaque, bem como a campanha do Vitória de lugares anuais 2012/13, com inúmeras vantagens para os sócios.

Percorra esta semana muito interessante, em síntese:

 

Segunda-feira

Sub-14 femininas conquistam Taça do Minho

Depois de eliminarem o SC Braga na meia-final, as  nossas craques venceram a final por 66-61 e conquistaram, com distinção, a Taça do Minho de Basquetebol de Sub-14. No mesmo escalão, a nossa equipa masculina não teve a sorte do seu lado, perdendo a final por 69-56, não deixando de orgulhar o nosso clube. Parabéns a todos os atletas de Sub-14 do Basquetebol Vitoriano!

Vitória confirma equipa B na próxima época

Ao final da tarde a Liga de Clubes confirmou que o Vitória foi uma das 6 equipas da 1ª Liga que inscreveram uma equipa B na 2ª Liga. Foi também confirmada a utilização do Estádio D.Afonso Henriques para os jogos do Vitória B, cujo relvado será substituído.

Bárbara Miranda e Luís Pinto na Selecção de sub-16

Os dois atletas vimaranenses voltaram a ser chamados para o estágio da Selecção Nacional de Sub-16. Os dois basquetebolistas da formação vitoriana já tinham sido chamados, pelo que a nova convocatória só confirma o óptimo trabalho que está a ser feito nesta área do nosso clube.

 

Terça-Feira

Luiz Felipe treinador do Vitória B

Luiz Felipe, que orientava a Academia do Al Nassr, será o treinador da nossa equipa B. O técnico, que tinha deixado saudades pela competência que demonstrou quando treinou os juniores Vitória, volta com Rui Veiga a adjunto.

Luís Esteves para treinar os Guarda-Redes

O Mestre em treino de Guarda-Redes volta a Guimarães para ser o coordenador técnico do Vitória para essa posição, em mais uma decisão que, de um modo geral, agradou bastante aos vitorianos.

 

Quarta-feira

Lugares anuais 2012/13

Foram apresentadas as condições dos lugares anuais para os sócios vitorianos na época 2012/13. Num momento difícil na vida do país e do clube, destaque para o preço não sofrer alterações, mas ser para o dobro dos jogos, uma vez que também contemplará os jogos da equipa B, (também no D.Afonso Henriques). É o maior apanágio, mas há outras vantagens, que pode conhecer aqui. Compre o lugar anual e apoie o Vitória…a dobrar!

 

Quinta-feira

Diogo Lamelas renovou

O extremo – formado no Vitória – renovou contrato com o nosso clube até 2014. Lamelas, que aproveitou o empréstimo ao Amarante para deixar muito boas indicações, terá agora oportunidade de se mostrar na equipa B vitoriana.

 

Sexta-feira

“Ultimato” de Júlio Mendes e criticas de Pinto Brasil

Numa entrevista ao jornal ABola que pode (re)ler aqui, Júlio Mendes fez um ultimato aos sócios, em virtude das condições financeiras do Vitória: em caso de chumbo do Relatório e Contas de 2010/11 e das garantias reais a ser pedidas pela direcção aos sócios (na Assembleia Geral do dia seguinte), o Vitória fecha portas. Pinto Brasil não gostou, e acusou a direcção de ter “uma agenda escondida” e de “falta de vergonha em não assumirem a sua incapacidade e irem embora com um mínimo de dignidade”.

Paulo Sérgio rescinde

No prosseguimento da política de reestruturação financeira do clube – que engloba a redução do número de jogadores com contrato, bem como o rejuvenescimento do plantel e a redução da sua massa salarial – o Vitoria rescindiu com Paulo Sérgio, que deve agora rumar ao AEL Limassol, do Chipre.

 

Sábado

Assembleia Geral Extraordinária

O 2º dia de Junho de 2012 ficou marcado, segundo o discurso de Júlio Mendes na abertura da reunião magna, pela Assembleia Geral mais importante da história do Vitória, dada a situação financeira dramática do clube. Eis os pontos mais importantes a retirar deste encontro:

Relatório e Contas de 2010/11 aprovado: Com muitas abstenções, mas com uma maioria clara, os sócios aprovaram as contas que tinham chumbado inequivocamente no passado dia 28 de Outubro, ainda com Emílio Macedo na presidência.

Garantias reais concedidas à direcção: Tal como fizeram na primeira votação, os sócios votaram favoravelmente a pretensão de Júlio Mendes para dar à direcção poderes para negociar o PEC para o Vitória, que permitirá ao clube pagar mais de 20 milhões de euros de dívidas imediatas em 12 anos.

Sócio pede expulsão de Emílio Macedo: A primeira Assembleia Geral após a queda da direcção de Emílio Macedo ficou também marcada por uma proposta para que o ex-Presidente seja expulso de sócio do Vitória, pelo estado a que levou o clube em apenas 5 anos. O pedido mereceu um forte aplauso de toda a plateia.

Júlio Mendes promete auditoria: Na sequência das exigências dos sócios em investigar a gestão de Emílio Macedo no Vitória, o actual Presidente prometeu uma auditoria às contas do clube, logo que seja financeiramente possível. Foi a intervenção de Júlio Mendes mais aplaudida pelos cerca de 500 sócios presentes no pavilhão.

Massa salarial de 3 milhões: No caso concreto do futebol, Júlio Mendes anunciou que a massa salarial anual do plantel da equipa A para a próxima época será de 3 milhões de euros (metade da desta época), sendo o da equipa B de 500 mil euros. Por isso mesmo, o Presidente pediu aos sócios para refrearem expectativas, apesar dos valores serem superiores aos da época 2007/08, uma das épocas em que o Vitória atingiu o 3º lugar.

 Júlio Mendes emprestou dinheiro ao Vitória: O Presidente Vitoriano revelou que fez um empréstimo, sem juros, ao Vitória para que o clube pagasse os salários em falta até ao final da época. No entanto, por motivos inesperados, parte desse dinheiro teve de ser despendido para pagar dívidas que colocavam em causa o futuro imediato do nosso clube.

  Categories: