Resumo da semana Vitoriana

Depois de uma última semana de Abril muito agitada, marcada por declarações fortes de Fernando Meira e por consequências graves que poderiam advir do incumprimento financeiro do Vitória, a primeira semana de Maio trouxe mais notícias positivas que negativas. Numa semana com mais rumores de interesse estrangeiro em Soudani, os destaques vão para mais salários pagos aos profissionais do clube e para a renovação de Rui Vitória. Reveja o mais importante em alguns segundos:

Segunda-feira:

Janeiro pago

O primeiro dia da semana foi de boas notícias para os jogadores vitorianos, que viram o salário do mês de Janeiro ser pago pela direcção de Júlio Mendes. O plantel fica assim com 2 meses de salários em atraso, menos dois do que quando a nova direcção tomou posse, 3 semanas antes.

Terça-feira:

Soudani na mira do Souchaux

Depois do Brest, o jornal francês Le Buteur dá conta do interesse de outro clube gaulês em Hilal Soudani. Desta vez é o Souchaux. O último classificado da Ligue 1 estará mesmo disposto a abrir os cordões à bolsa para contratar o novo artilheiro do Vitória, que tem contrato até 2014, apesar de ainda não estar pago.

Alerta amarelo no Vitória

O dia do trabalhador foi de preocupação nas hostes vitorianas, depois dos principais jornais desportivos nacionais noticiarem um possível impedimento do Vitória de participar, não só na Liga Europa, mas também nas competições profissionais, devido aos incumprimentos salariais e fiscais. Segundo O Jogo, a contribuir para esta situação está a rejeição do PEC promovido pela direcção de Emilio Macedo, por este conter erros.

Quarta-feira:

Rui Vitória renova até 2014

O impasse terminou e Rui Vitória renovou com o nosso clube por 2 anos, cumprindo o desejo da nova direcçao, com promessas de mais aposta nos escalões de formação do clube. Com efeito, horas depois, o treinador vitoriano assistia a um jogo entre os juniores e jogadores emprestados a escalões secundários, com o intuito de observar potenciais “reforços” para o novo Vitória.

Quinta-feira:

Magalhães com mais abertura, mas não para a SAD

Depois de ter faltado à tomada de posse de Júlio Mendes e de se ter manifestado peremptoriamente contra a participação da autarquia numa eventual SAD no Vitória, o Presidente da Câmara de Guimarães parece agora estar mais aberto em relação ao clube e seus novos dirigentes. Após ter “poupado” o Vitória a um imposto anual, António Magalhães fez questão de vir a público manifestar a sua confiança na direcção e na participação do clube na Liga Europa da próxima época. No entanto, o edil vimaranense continua a considerar que o assunto SAD “não é da competência da Câmara”.

Nilson lesionado

O experiente guardião brasileiro contraiu uma rotura muscular, que o levará a uma paragem nunca inferior a 10 dias. Como consequência, Nilson não jogará mais esta época, abrindo assim uma oportunidade para Douglas Jesus demonstrar o seu valor nos dois últimos jogos do campeonato.

Sábado:

Cirilo promete mais um salário

Em entrevista à SportTV, o vice-presidente vitoriano prometeu o pagamento de mais um salário ao plantel de futebol para Domingo seguinte. Uma lufada de ar fresco que se acentua quando Luis Cirilo deixa a esperança de os problemas financeiros não impedirem o Vitória de participar na Liga Europa da próxima temporada.

6º lugar carimbado na Feira

Depois de ter estado a perder, a turma Vitoriana venceu o Feirense por 1-3 a confirmou o 6º lugar na Liga, não havendo agora possibilidades matemáticas de alterar essa posição, quando falta uma jornada para terminar o campeonato. Pode ler o resumo do jogo aqui.