S. Lisboa 3 – Vitória 0

O Vitória saiu esta noite derrotado na deslocação ao reduto do S. Lisboa.

Uma primeira parte com supremacia da equipa do S. Lisboa, em que o Vitória, sem qualquer poder ofensivo não conseguia a aproximação à área contrária. O S. Lisboa chegou ao golo num lance em que todas as culpas recaem sobre João Alves, que não cumpriu o seu papel de defensor do primeiro poste. A passividade do Vitória, especialmente no meio campo dava asas ao ataque dos contrários, que só não aumentaram a vantagem por culpa de Nilson e dos ferros da baliza.

Depois do descanso foi mais do mesmo, e mais uma vez a defesa Vitoriana, passiva, permite que o S. Lisboa aumente a vantagem. O Vitória continuava sem garra, e viu a bola entrar por mais duas vezes na baliza, tendo ambos os lances sido anulados. No caso do segundo mal anulado.

Os da casa ainda falharam um penalti. No ultimo quarto de hora o Vitória atacou mais, e só não diminuiu a desvantagem porque mais uma vez Edgar mostrou ser fraco, incompetente, sem sentido de golo…

Em cima do apito final os da casa aumentam a vantagem, num lance onde mais uma vez os defesas centrais permitem o remate.

O resultado foi justo, o Vitória não quis ganhar, e Manuel Machado mais uma vez não mostrou arrojo táctico para encarar o S. Lisboa ao mesmo nível.

  Categories: