Sonhar Não Paga Imposto…

A parábola do filho pródigo que regressa é uma das mais famosas e aclamadas…

E, neste momento, para os lados do Vitória, a esperança de tornar essa alegoria em real, incandesce a cada segundo que passa…

Com efeito, os nomes de Fernando Meira e Pedro Mendes são, cada vez mais, insistentemente associados ao Vitória para a época de 2011/2012.

Na verdade, e aproveitando o facto de um estar em términos do contrato com o Zenit, onde Spaletti raramente o teu utilizado, e outro ter sido sido apanhado na voracidade renovadora de Carlos Freitas e Luís Duque, o Vitória tem procurado garantir duas absolutas mais valias para o seu plantel.

Alguma imprensa garante, hoje, que o processo Meira, apesar de em estado embrionário, já, foi encetado e até poderá haver um princípio de acordo.

Quanto a Mendes, o facto de já não fazer parte do plantel do Sporting aliado ao seu vitorianismo impoluto, poderá facilitar um acordo, pelo qual todos os vitorianos anseiam.

Enquanto não há confirmações, apenas a velha máxima de sonhar não paga imposto, acalenta o coração dos vitorianos ávidos de ver, novamente, de branco os seus filhos dialectos…