Vitória B VS Benfica B (Antevisão)

simbolos antevisão

O Vitória B  tem este Domingo pelas 15 horas no Estádio do Rei, um jogo muito importante para as suas aspirações na Segunda Liga.

No confronto com o Lisboa e B, só o triunfo interessa, e será necessário dar tudo dentro das 4 linhas, de forma a que o Vitória consiga atingir os 3 pontos no final da partida, e possa assim ficar mais próximo dos lugares que dão direito à permanência neste escalão.

Para o desafio deste Domingo, Luíz Felipe vai puder contar com alguns jogadores que tem feito parte das opções de Rui Vitória na Equipa principal, o que vem dotar a Equipa B de maior experiência e também qualidade ( esta já existe no plantel).

Assim no quarteto defensivo, o central brasileiro Freire, vai voltar a jogar pelos B, fazendo parelha no eixo da defesa com Vítor Bastos.

Ainda na defesa, João Amorim pode regressar à competição, ainda assim como vem de uma paragem prolongada, é provável que Pedro Lemos continue a jogar no lado direito da defesa.

No meio-campo, Siaka Bamba vai-se manter na posição 6, já Jean Barrientos vai assumir a posição 10 na zona intermediária.

Este duo, vai ter a companhia de Bruno Alves no miolo do terreno, um trio que se espera que dê imaginação ao jogo da Equipa, e que principalmente Barrientos, crie muitas linhas de passe para o trio da frente, pois a Equipa precisa de um jogador que seja capaz de fazer girar a bola no seu meio-campo.

Já na frente de ataque, Luíz Felipe, vai puder utilizar, Marco Matias, João Ribeiro (espera-se que jogue com vontade e querer) e Machís, soluções que podem fazer agitar o ataque da Equipa B, que necessita de golos (talvez a chamada do avançado Jona em detrimento de um dos alas fosse mais benéfica) que possam fazer o Vitória regressar aos triunfos.

É provável, que Marco Matias e João Ribeiro joguem nos corredores, já o venezuelano Machís, deve ser o homem mais adiantado na linha da frente, apostando Luíz Felipe numa primeira fase num trio móvel e veloz, tentando com isto “baralhar” as marcações por parte do setor defensivo adversário .

O Vitória precisa de ser letal, pois as oportunidades criadas, não podem ser desperdiçadas, sob pena de mais uma vez o Vitória ver fugir pontos por não ser eficaz no capitulo da finalização (foram já muitos os jogos, onde houve um grande caudal ofensivo, mas onde a Equipa não conseguiu marcar golos).

Serão assim várias as novidades ( pelo menos 4 relativamente ao último jogo nos Açores) na Equipa Vitoriana, que deve alinhar com o seguinte 11:

11

Do lado encarnado, Norton de Matos (esteticamente o futebol da sua Equipa não é de qualidade), deverá apostar no habitual 1x4x3x3, sendo que é uma Equipa que quase sempre marca golos (é o 2º melhor ataque da prova), o que mostras as precauções que o Vitória terá que ter com a formação do Lisboa e B.

Ainda assim a nível defensivo, o Lisboa e B, também sofre muitos golos (40 no total), detalhe que mostra que no seu processo defensivo, também é vulnerável ( tem que se aproveitar esta debilidade do adversário).

Relativamente a individualidades, o destaque vai para Miguel Rosa (todo o jogo ofensivo da sua Equipa passa pelo seus pés, e é o médio português que impõe o ritmo de jogo, e a sua criatividade e qualidade técnica pode resolver uma partida).

Nota ainda para Miguel Vítor (o promissor central continua a jogar pela Equipa B encarnada) Leandro Pimenta (médio defensivo talentoso), e para Ivan Cavaleiro (extremo muito rápido e muito dotado tecnicamente, e que já leva 9 golos na competição).

O forte apoio dos Vitorianos é muito importante, por isso é fulcral o apoio de todos este Domingo no Estádio do Rei (podemos perfeitamente lotar a Bancada Poente), de forma a que a Equipa sinta o carinho e o grito da Família Vitoriana.

Um triunfo é preponderante para o Vitória, e se a Equipa conseguir vencer este Domingo, será dado o início para a recuperação na tabela classificativa.

Força Vitória, todos juntos conseguiremos!