Vitória derrotado na Luz

No encontro de encerramento da sexta jornada da segunda fase a equipa vitoriana foi derrotada pelo Benfica por 3-1 com os parciais 25-14 ; 27-25 ; 23-25 e 25-21 em jogo disputado no pavilhão nº 2 do estádio da Luz. Com os resultados verificados a equipa vimaranense mantém o penúltimo posto porém agora com desvantagem de três pontos para o Sporting de Espinho, a equipa que está na posição acima.

O encontro deste domingo à tarde iniciou-se numa toada equilibrada e assim permaneceu até ao primeiro tempo técnico. Nessa altura a equipa de Nuno Coelho liderava por um ponto (7-8). A partir desse momento o jogo da equipa branquinha desmoronou-se. O Benfica fazia toda a diferença no bloco e com a preciosa ajuda de serviços agressivos foi-se distanciando-se no marcador. No segundo tempo técnico a vantagem já era de sete pontos (16-9). O Vitória não conseguia contradizer as acções benfiquistas. O primeiro parcial ficou resolvido em vinte minutos tendo o Benfica triunfado por 25-14.

No segundo parcial o equilíbrio foi total durante o tempo todo. O Vitória entrou com mais acerto e conseguiu melhorar bastante a qualidade do seu jogo. Do outro lado o Benfica já não conseguia ser acutilante como tinha sido no primeiro set. Foi um período de parada e resposta. O final do parcial foi emocionante, o vencedor foi encontrado nas vantagens. O Vitória teve uma bola de set mas não conseguiu materializar essa oportunidade. Tal veio a revelar-se penalizador já que o Benfica aproveitou a deixa e reverteu a seu favor. Triunfo da equipa da casa por 27-25.

Com 2-0 no placar o jogo parecia decidido apesar da boa resposta vitoriana. Com uma entrada de rompante no terceiro parcial o Vitória conseguiu construir uma diferença no marcador a seu favor. No primeiro tempo técnico essa vantagem era já de seis pontos (2-8). O Benfica estava desacertado e o Vitória conseguiu fazer render essa sua boa entrada. A partir do segundo tempo técnico (9-16) a equipa lisboeta já não estava tão abalada e respondia bem ao jogo vitoriano. Conseguiu inclusive diminuir a enorme desvantagem pontual de sete pontos. Apesar disso a equipa vitoriana que contava com uma boa colaboração de Joan Diaz (Che) e de Nelson Brízida não vacilou e triunfou neste terceiro parcial por 23-25.

Com uma boa entrega ao jogo e uma melhor atitude pairava uma certa incerteza no desfecho do encontro. O bom rendimento do Vitória continuou até ao primeiro tempo técnico do quarto set (8-7). A partir daí teve uma quebra fatal, sobretudo fruto do desacerto do ataque vitoriano. No segundo tempo técnico a desvantagem estava em cinco pontos (16-11). Com uma melhoria no serviço os jogadores vitorianos esboçaram uma reação significativa que permitiu recuperar a desvantagem e ficar a um ponto do Benfica (20-19). A partir deste ponto o Benfica não permitiu veleidade aos branquinhos e arrancou para fecho de set e encontro a seu favor. O quarto parcial terminou com 25-21.
Com os resultados verificados este fim de semana o Vitória fica para trás e verá três equipas a lutarem pelo segundo lugar. A próxima jornada será muito importante para essas equipas. O Sporting de Espinho é o próximo adversário do Vitória e este encontro é extremamente importante para a equipa de João Brenha.

Resultados
Sporting de Espinho – Leixões: 3-0 ( 25-13 ; 25-21 e 29-29 )
Castêlo da Maia – Fonte Bastardo: 3-2 ( 26-24 ; 25-20 ; 20-25 ; 18-25 e 15-9 )
Benfica – Vitória: 3-1 ( 25-14 ; 27-25 ; 23-25 e 25-21 )

Classificação – Todas as equipas com 6 jogos disputados
1º – Benfica: 17 pontos
2º – Fonte Bastardo: 12 pontos
5º – Castêlo da Maia: 10 pontos
4º – Sporting de Espinho: 9 pontos
5º – Vitória: 6 pontos
6º – Leixões: 0 pontos

  Categories: