Vitória é Tetra-Campeão Nacional de Kickboxing

Fantástico, é desta maneira que começamos por resumir a brilhante conquista do Tetra- campeonato para o Vitória Sport Clube pela secção que mais títulos têm dado à massa associativa vitoriana nestes últimos anos.

Os Atletas, Carla Pereira, Fabrício Araújo, Bruno Silva, Daniel Silva, Rodrigo Pinheiro, Luís Antunes, José Antunes, Carlos Mendes, Duarte Oliveira, Jorge Pinto, Ricardo Rodrigues, Francisco Oliveira, Alexandre Pinto coadjuvados por Fernando Zenga, Rock, Porfirio e o Mestre Alberto Costa ficam para a história do clube pela Brilhante conquista do quarto titulo consecutivo da modalidade de Kickboxing K-1.

A prova decorreu na localidade de Miranda do Corvo no distrito de Coimbra iniciando logo pelas 8h30 com as penosas pesagens com bastantes atletas a terem que tirar algumas gramas ao peso que tinham a mais com a equipe de arbitragem sempre a controlar e a desclassificar quem não cumprisse com o peso definido para os combates. Foram dois dias de competição com centenas de combates a decorrerem em seis áreas de competição com os atletas do Vitória a abrirem o mote para o campeonato mais competitivo de todos os tempos com mais de 800 atletas a competirem entre si nos diversos escalões etários nas disciplinas de K-1, Full-contact , Low-kick e plena velocidade.

A equipe do Vitória fez-se representar com treze atletas conquistando dez títulos nacionais individuais com vários atletas a terem que passar por várias eliminatórias, com destaque para Bruno Silva que teve de eliminar quatro adversários para se sagrar campeão nacional, seguiu-se Carla Pereira com somente 16 anos a eliminar duas adversárias dificílimas da Madeira e do Algarve para juntar mais um título ao seu brilhante curriculum onde leva já sete combates sem derrotas, Fabrício Araújo teve de fazer também ele dois combates com uma entrega fenomenal sendo prejudicado pela arbitragem no segundo combate. Já Luís Antunes e o seu irmão José Antunes derrotaram ambos dois adversários cada um, Luís eliminou atletas do Porto e Lisboa e José Antunes um atleta do Sporting na meia final e a proporcionar um recital técnico ao seu adversário de Cascais na melhor final do campeonato nacional. Rodrigo Pinheiro venceu por falta de comparência do seu adversário de Pombal e Daniel Silva também, o Peso super pesado Alexandre Pinto na final teve que abandonar o combate por lesão depois do seu oponente ter executado uma técnica ilegal após o árbitro ter dado a ordem de stop durante o combate, não conseguindo prosseguir até ao fim. Já Carlos Mendes e Duarte Oliveira na categoria de 63,5 kg venceram os seus adversários na meia-final com destaque para Mendes ao ter vencido por K.O um temível adversário do grupo super Star, Lucas Correia, Duarte venceu um atleta vindo da ilha da Madeira num combate muito duro para ambos os atletas. Jorge Pinto na meia-final venceu também por K.O um atleta lisboeta com uma potente técnica de joelho nas costelas do atleta de Lisboa e na final Pinto vence também um atleta do Setúbal sem apelo nem agravo com grande classe. Já Ricardo Rodrigues eliminou dois atletas da equipa dinamite team acabando os combates sempre em grande desgaste físico pela dureza dos combates. Por fim o peso pesado vitoriano Francisco Oliveira levou ao rubro todo o pavilhão lotado de espectadores aplicando um potente K.O com um gancho de esquerda no combate mais rápido do campeonato logo aos trinta segundos do inicio do combate.

Sem sombra de dúvidas que o Vitória Sport Clube é o clube mais forte no panorama nacional da modalidade de Kickboxing K-1 com atletas muito técnicos onde conseguem conjugar uma vontade enorme de vencer e
convencer a quem assiste ás suas prestações em ringue, e diga-se em abono da verdade que dá gosto aos amantes da modalidade assistir aos combates dos pupilos de Alberto Costa, que muito tem feito ao longo destes anos, formando e treinando autenticas máquinas devoradoras de títulos.

Parabéns ao Vitória, aos atletas e a Alberto Costa por mais esta conquista que muito abrilhanta o clube e a cidade de Guimarães.

“ Sinto-me muito feliz por mais um título nacional e neste caso o quarto seguido, mas acima de tudo sinto-me orgulhoso por ter comigo um grupo unido em que todos se uniram para tornar possível mais este título. Este é sem dúvida o título mais saboroso porque ficamos na história da modalidade pela conquista do Tetra-campeonato nacional, tudo isto é trabalho de equipa e só com a ajuda do Rock, Porfirio e Zenga isto foi possível, este titulo também tem a mão deles. Dedico este título a toda a massa associativa, á Direcção pelo apoio dado á secção, e em especial ao Dr. Rui Vaz e ao seu departamento de fisioterapeutas por tudo o que tem feito na recuperação dos atletas conseguindo sempre que eles estejam recuperados para as competições, autênticos profissionais. Dedico também de coração a minha esposa e filha pela paciência e sacrifícios que passam para eu todos os dias preparar nas melhores condições os atletas”, comenta o Mestre Alberto Costa.

Secção de Kickboxing do Vitória Sport Clube
  Categories: