Vitória empatou na recepção ao FC Porto

@ Vitória empatou com FC Porto a duas bolas.

@ Vitória empatou com FC Porto a duas bolas.

O Vitória empatou hoje a duas bolas com o FC Porto.

Apesar do resultado não ser o pior para as cores vitorianas, ficou um resultado amargo perante aquilo que milhares de vitorianos puderam presenciar hoje no Estádio do Rei. Um Vitória com raça, atitude e determinação. Um Vitória a querer retirar do jogo muito mais do que aquilo que se esperava.

Nos primeiros minutos da partida, estiveram melhor os homens da invicta que tiveram várias oportunidades para abrir o marcador. Mas apesar de tudo, o golo só chegou aos 18 minutos, por intermédio de Ricardo Quaresma na sequência de uma grande penalidade. Muita na confusão dentro da área vitoriana e Marco Ferreira aponta para a marca de grande penalidade alegando falta de Douglas sobre Carlos Eduardo. Um lance bastante contestado nas bancadas.

Com a sensação de que o árbitro tinha sido algo injusto os vimaranenses partiram em busca de algo mais. Maazou foi várias vezes lançado em contra ataques rápidos, mas sem criar perigo. E seriam os portistas a voltar a marcar, por Licá. Mérito para o argelino Ghilas, que em jogada individual dentro da área, entre os defesas, consegue rematar e obrigar Douglas a defesa incompleta. A bola sobra para Licá, que só teve de empurrar.

Mas ainda antes do intervalo, ao minuto 46, o Vitória viria a reduzir por Moussa Maazou. Paulo Oliveira na esquerda coloca a bola de forma pouco ortodoxa em Moreno, que assiste o avançado do Níger já na pequena área. Abdoulaye é quem coloca Maazou em jogo. As equipas desciam aos balneários já depois de Ricardo Quaresma ter criado confusão junto do banco do Vitória.

Rui Vitória motivou a sua equipa ao intervalo para o resto da partida. Por isso não poderia ter corrido melhor aos Conquistadores a segunda metade. Aos 52 minutos surgiu o golo do empate, por Marco Matias. Assistência do ponta de lança vitoriano, que apanha o companheiro em desmarcação, isolado. Na cara de Helton, remata longe do alcance do guarda-redes do FC Porto.

Já com várias mexidas dos dois lados, foi o Vitória quem sempre esteve por cima na segunda parte. Aos 84 minutos a equipa de Rui Vitória poderia ter chegado à vantagem. O remate de Nii Plange saiu ao poste! Na recarga de Tomané, Danilo salva o terceiro do Vitória em cima da linha de golo.

Excelente segunda metade dos homens na cidade berço a mostrarem que ainda estão aqui para as batalhas!

O Vitória mantêm com este resultado o sexto lugar e continua a quatro pontos do Nacional da Madeira, que empatou a uma bola com o Rio Ave. A três pontos está o SC Braga, que é sétimo classificado. Segue-se a deslocação à ilha da Madeira para defrontar o Marítimo, que perdeu com o Paços de Ferreira por três bolas a uma. A partida está agendada para 10 de Março (segunda feira), e terá transmissão televisiva pela SportTV a partir das 20 horas.

Ficha de jogo:

Árbitro: Marco Fereira

Vitória SC: Douglas; Pedro Correia, Moreno, Paulo Oliveira e Addy; André Santos, André André e Crivellaro (78′ Leonel Olimpío); Malonga (72′ Nii Plange), Maazou (84′ Tómané) e Marco Matias.

 FC Porto:  Helton; Danilo, Maicon, Abdoulaye e Alex Sandro; Fernando e Herrera (80′ Quintero); Quaresma, Carlos Eduardo (71′ Jackson Martínez) e Licá (64′ Varela); Ghilas.

Vote aqui no MVP da partida.