Vitoria Entra Com Mão Esquerda (1-3 Fonte Do Bastardo) [FOTOS]

Numa tarde de sábado bastante primaveril o Vitória disputou o primeiro encontro oficial da temporada 2011/2012. Apesar das excelentes condições ambientais fora do pavilhão este apresentou uma moldura humana em número apreciável. A entrada no recinto foi franqueada, de livre acesso. Ficamos contudo admirados por tal fato não ter sido amplamente divulgado, para mais num jogo frente à campeã nacional.

O primeiro sete inicial dos branquinhos foi o seguinte: Eurico Peixoto, Pedro Azenha, Ivan Walter, Nelson Brízida, Rui Santos(Ruca), Gilson França e o líberoJoão Fidalgo.A presença de um novo elemento no plantel não passou despercebida. Na camisola e com o número 2 estampado estava o último reforço de seu nome Cristiano. Chegou esta semana e não foi anunciada oficialmente a contratação deste oposto.

Uma das curiosidades desta partida foi a ausência de juízes de linha, o juízo dos lances foi totalmente encarregue à dupla de arbitragem. Contenção de custos pela federação!?

O 1º set revelou um Vitória mandão e a liderar o jogo a seu bel prazer. Tal foi a supremacia que antes do 2º tempo técnico o Vitória chegou a ter 8 pontos(!!) de vantagem sobre a equipa da Fonte do Bastardo. Na paragem para o 2º tempo técnico o marcador revelava “apenas” 7 pontos de diferença: 16-9. Foi por esta altura que a Fonte do Bastardo conseguiu equilibrar o parcial e fazer 7 pontos contra apenas 3 dos branquinhos. Foi então que a larga vantagem vitoriana esfumou-se: marcador registou 19-16, 21-18, 22-20 e 23-22. O final do set foi disputado porém o Vitória conseguiu manter a calma. Para o triunfo por 25-23 contribuiu a ação do treinador Luis Resende aos 23-22 com um desconto de tempo.

No 2º set a tendência inverteu-se e quem arrancou melhor foi a equipa forasteira. Este parcial foi de alternância na liderança do marcador, tal veio a suceder-se após o desconto de tempo pedido peloVitória quando perdia por 10-14. O placard chegou a cifrar um 13-14 porém à passagem do 2º tempo técnico estava em 13-16. A partir desta altura as equipas equilibravam-se e o jogo era disputado com muita competitividade. Com 19-19 parecia que os branquinhos iriam partir para novo triunfo contudo foi apenas uma apreciação temporária. Aos 19-21 o Vitória pediu novo desconto de tempo e foi frutífero pois a equipa vimaranense recuperou. Com 24-23 e a um ponto de finalizar o set, o técnico forasteiro Alexandre Afonso pediu uma paragem no jogo e tal reverteu a seu favor. Marcador igualado a 24 pontos. O triunfo sorriu à equipa da Ilha Terceira por 29-31 após luta ferrenha nas vantagens. Erros de ambas as partes mas a equipa campeã foi mais feliz. Na parte que diz respeito aos branquinhos os erros verificaram-se sobretudo no serviço e num ataque menos acutilante a permitir a resposta adversária.

Com igualdade nos parciais o 3º set foi a chave do encontro. Neste parcial o Vitória esteve quase sempre na liderança se bem que tenha tido margens curtas de vantagem 1 ou 2 pontos. No segundo tempo técnico: 16-14. Jogo equilibrado e aos 21-21 podia pender para qualquer dos lados. Novamente a poder fechar o set a seu favor o Vitória foi incapaz. Aos 24-22 uma paragem a pedido do técnico Alexandre Afonso. Mais uma vez com resultado negativo para os branquinhos. O Vitória permitiu nova igualdade a 24 pontos. A equipa de Luís Resende poderia ter resolvido por várias vezes a seu contento porém foi a Fonte do Bastardo a conquistar a alegria com um 33-35.

O 4º e último set disputado já não foi tão renhido. A Fonte do Bastardo foi mais sólida, sendo mais categórica no seu jogo. No 2º tempo técnico a vantagem era de 2 pontos: 14-16. O Vitória tentou reagir mas a equipa visitante não permitiu, o desfecho foi favorável à equipa insular por 21-25. Este arranque como seria de esperar não foi um jogo de alto nível, em vez disso tivemos momentos de bastante emoção e dúvida no marcador.

A derrota por 1-3 teve os parciais de: 25-23 ; 29-31 ; 33-35 e 21-25.

Este domingo à tarde o Vitória joga de novo em Vila do Conde pelas 16:00h contra o Ginásio local.

FOTOS AVS :