Vitória entra com o pé direito

Vitória 3-2 Espinho. É este o resultado do primeiro jogo do Vitória a contar para o campeonato da divisão A1.

O Vitória começou bem na partida ao ganhar os primeiros dois pontos, mas um erro técnico fez com que estes sofressem um “ reset”. Depois disso a equipa foi-se abaixo e chegou mesmo a estar a perder por onze pontos (11-22). Espinho, entrou, portanto, a vencer em Guimarães (0-1).

No segundo set, os jogadores vitorianos mostraram como se faz ! Melhor maneira de entrar era quase impossível, com pontuações deste género: 11-3 e 20-8. O Vitória acabou mesmo por cilindrar o Espinho no segundo set por 25-11.

No set seguinte, a equipa visitante entrou mais aguerrida, mas só no início. O 17º ponto disputado foi uma luta enorme e longa por parte das duas equipas e este acabou por tender para o lado espinhense. Ainda assim, os adeptos do Vitória ovacionaram a equipa pelo esforço. No segundo tempo técnico pedido, a turma vitoriana perdia por 8-12. Ponto aqui, ponto ali, o Vitória foi recuperando e conseguiu empatar em várias ocasiões o set. No fim, o Vitória não vacilou e acabou mesmo por vencer por 25-23.

O Espinho conseguiu empatar a partida, no quarto set, numa luta sempre “acesa” com o Vitória.

Na “negra”, o Vitória fez o primeiro ponto, mas o Espinho recuperou (1-2) com o bloco do Vitória a ter azar por a bola ter batido na vareta. Mas o Vitória empatou (6-6), e depois disso, Roberto Reis, ex-Sporting de Espinho, fez dois ases que colocou os jogadores espinhenses pregados ao chão. O forte apoio vindo das bancadas impulsionou a equipa para uma excelente vitória por 15-10.

O Vitória fez alinhar os seguintes jogadores: Roberto Reis, Evandro Batista, Tomas Aldazabal, Kibinho, João Fidalgo, Nelson Brízida e Gilson França. Joan Díaz e Fernando Ribeiro também jogaram.

As contas são estas: 3-2 (17-25; 25-11; 25-23; 22-25; 15-10).

Para a semana há jornada dupla na Madeira: Machico e Marítimo são os adversários.

<Fotos brevemente>

  Categories: