Vitória-Marítimo (Antevisão)

Questão Técnico – Tática

A Taça da Liga, prossegue esta 4ª feira, com a recepção do Vitória ao Marítimo.

Já com muitas poucas possibilidades de chegar às meias-finais da competição, fruto de uma arbitragem lastimável na 1ª jornada ante o Lisboa B, é muito provável que Rui Vitória, dê oportunidade a jogadores menos utilizados até ao momento na presente época.

Assim sendo, e porque o Campeonato, é a prova onde o Vitória terá que centrar todas as atenções, na partida frente aos Insulares, o 11 será muito renovado, contando com muitas caras novas, em relação ao último jogo para a Liga.

Na Baliza, Douglas será novamente titular nesta competição, depois de já ter defendido e muito bem no jogo da 1ª jornada desta prova.

No sector defensivo, haverá novidades, com a dupla de centrais a dever ser constituída por El Adoua (a jogar na sua posição de origem, e Rui Vitória a dar minutos ao Marroquino como central, de forma a não perder rotinas), e Rodrigo Defendi (o defesa central canhoto, deverá finalmente estrear-se com a camisola branca, a nível oficial, e terá uma oportunidade de mostrar, se pode ou não ser uma solução para o que ainda resta da época).

No lado canhoto da defesa, jogará Bruno Teles, que após cumprir suspensão no último jogo, terá no jogo com o Marítimo, possibilidade de ganhar minutos nas pernas, pois nos últimos 4 jogos, jogou apenas 45 minutos.

Na zona intermediária, jogará um duplo pivô, à frente da defesa, mais concretamente o brasileiro Renan (o médio é dado como dispensável, mas para já continua em Guimarães), e Pedro Mendes (ficou com alguma surpresa fora do 11 em Coimbra, e tem agora a possibilidade de voltar a jogar de início, e recuperar algum ritmo competitivo, após não ter jogado os 2 últimos jogos).

A assumir a batuta de jogo dos Branquinhos, estará Barrientos (o jovem médio Uruguaio, tem muita qualidade, mas mostra ainda falta de maturidade, um exemplo concreto, foi o amarelo que viu desnecessariamente no último jogo, e que o afasta da partida do Dragão).

Na frente de ataque, nas alas, jogarão Faouzi e Targino (os 2 extremos, tem sido muito pouco utilizados, e diz-se que querem sair do Vitória, mas os 2 jogadores, precisam de mostrar, que merecem jogar mais, e nesta partida, terão a oportunidade de o fazer).

A referência na área será o Argelino Soudani (o avançado tem jogando pouco, e por isso tarda a mostrar o epíteto de goleador, que fez o Vitória desembolsar 600 mil euros para o contratar).

Força Vitória e Vitória Sempre!

  Categories: