Vitória-Marítimo (Antevisão)

Questão Técnico – Tática

Com a época a caminhar para o final, o Vitória joga este Sábado com o Marítimo, o primeiro dos 4 jogos que ainda lhe faltam disputar na presente Liga.

São já 6 os jogos que o Vitória leva sem conseguir vencer, e dessa forma dar alegrias aos seus adeptos. Urge portanto, voltar a conquistar 3 pontos já no jogo deste Sábado ante os insulares, uma equipa que está num excelente momento de forma. Mais do que falar, é preciso mostrar dentro das 4 linhas que o Vitória quer vencer a partida. Chega de discursos pouco ambiciosos e a roçar o ridículo, pois no Vitória exige-se sempre ambição e atitude dentro de campo.

Para o jogo ante o Marítimo, e em comparação ao último jogo em Braga, esperam-se alterações no onze inicial.
No quarteto defensivo, é muito provável que Bruno Teles após cumprir castigo regresse ao onze, substituindo assim o seu compatriota Anderson, que havia feito a sua “estreia” em Braga.

Na zona intermediária, e não podendo contar com o castigado Jorge Ribeiro, é praticamente certo que Rui Miguel irá ser titular, o que devia acontecer claramente à já algumas jornadas para cá.

Ainda assim, e porque não, também lançar nesta partida o jovem brasileiro Crivellaro, que desde que chegou em Janeiro ainda não teve oportunidade de se estrear.O canhoto brasileiro, pelo que deu para ver nos jogos da Liga do Futuro, mostra ter bom toque de bola, e boa técnica. Com a entrada de Rui Miguel e Crivellaro, o meio campo passaria a ser mais ofensivo, mais virtuoso, e não de contenção, como o técnico do Vitória tem apresentado nas últimas partidas.

Na frente de ataque, e se quer ganhar jogos, Manuel Machado tem que apostar em Edgar, porque por muito que o avançado brasileiro esteja num momento menos bom, ou não tenha mais qualidade que a apresentada, é o único ponta de lança do plantel disponível, e o que pode marcar golos nesta equipa vitoriana.

Com a entrada de Edgar, o preterido em relação ao último jogo, deve ser o jovem Rafa, que tem talento, mas que precisa de ser mais trabalhado, e não ser lançado as “feras”, como aconteceu no Dragão, e até em Braga.

O Vitória pode alinhar frente ao Marítimo num 1x4x3x3 e apresentar a seguinte equipa:

Adversário: Marítimo

O Marítimo passa por um excelente momento de forma. Nos últimos 4 jogos, amealhou 10 pontos, o que fez com que entrasse na luta europeia, quando há bem pouco tempo, não passava de uma miragem.

O Conjunto orientado por Pedro Martins (que como jogador se notabilizou no Vitória), deve jogar em Guimarães numa toada de contra-ataque, apostando nas rápidas transições ofensivas, até porque conta com jogadores de grande qualidade na frente de ataque, casos de Babá, Djalma e Klebér.

A nível tático, o Marítimo joga num claro 1x4x3x3, sendo uma equipa que gosta de ter a bola no pé.

A nível defensivo, contam com na baliza com o brasileiro Marcelo, um guarda-redes que tem feito uma boa época. No lado direito da defesa, joga o madeirense Briguel, um lateral que não compromete.

No eixo da defesa, joga a dupla constituída por Robson (forte no jogo aéreo e marcação) e o francês Roberge (muito lento, mas bom sentido posicional).

Na esquerda, joga o brasileiro Alonso, já sem a velocidade doutros tempos.

No meio campo, e não podendo contar com o lesionado Roberto Sousa, a escolha para jogar como médio defensivo, será o jovem brasileiro Sidney. A seu lado, e a começar a construir jogo ofensivo, estará o também brasileiro Rafael Miranda, um médio com excelente qualidade de passe.

Como médio organizador estará o tecnicista e “cerebral” Selim Benachour, o tunisino que passou pelo Vitória a fatídica época da descida.

Na frente de ataque, é necessária muita atenção á mobilidade de Djalma (rápido e “explosivo) e Babá (passada larga e “faro” de golo) nas faixas.

A referência de área é Klebér, um dos melhores pontas de lança da Liga. É muito ágil, rápido, e um “verdadeiro” goleador.

Já é mais que tempo, de regressar aos triunfos, por isso este Sábado, só o triunfo pode entrar na mente do técnico e jogadores do Vitória.

Força Vitória e Vitória Sempre!

  Categories: