Vitória-Torreense (Antevisão)

Questão Técnico-Tática

Este Domingo, os jogos da” prova rainha” do futebol português estão de regresso ao Estádio do Rei. Frente a frente estarão o Vitória ante o Torreense, um histórico do nosso futebol, mas que nos dias actuais milita na 2ª divisão nacional.
Será um jogo, onde o Vitória terá que mostrar o seu melhor futebol, de forma a levar de vencida o seu adversário, e marcar assim presença nos quartos de final da competição.
Para esta partida será necessário um Vitória humilde e que não menospreze o Torreense, pois nestes jogos, as equipas das divisões inferiores apresentam-se sempre muito motivadas e muito predispostas a causar surpresas. É portanto fulcral termos um Vitória ao seu melhor nível.
Comparativamente ao último jogo para a Liga frente ao Paços de Ferreira (um jogo onde o Vitória fez uma fraca exibição e esbanjou dois pontos) devem haver algumas mudanças no onze inicial. No sector defensivo Alex regressará ao lado direito em detrimento de Pereirinha. No eixo da defesa Leandro Freire deve voltar à titularidade em detrimento de João Paulo que não passa por um bom momento.
No meio campo porque não apostar no médio canhoto Jorge Ribeiro? A meio desta semana fez um excelente treino frente ao Vizela com três assistências para golo, por isso mostra estar em boas condições para ser chamado à equipa inicial.
No jogo frente ao Torreense o Vitória poderia então apresentar-se num sistema tático assente num 1x4x4x2.
O onze pode então ser o seguinte:

Adversário-Torreense

A equipa de Torres Vedras é orientada pelo antigo lateral esquerdo do Sporting Paulo Torres ele que enquanto jogador também foi Campeão por Portugal no Mundial de Sub-20 em 1991.Para chegar aos oitavos de final da Taça de Portugal, o Torreense deixou para trás o Tocha, Madalena o Lagoa e o Mondinense. Nos jogos frente ao Lagoa e Mondinense o Torreense foi mais feliz na “lotaria” das grandes penalidades.
O Torreense deverá apresentar-se como é natural em jogos de Taça muito motivado na deslocação que efectuara ao D.Afonso Henriques. Seguramente tentarão defender com muitos jogadores e partir rápido para o contra-ataque
Na sua equipa destaque para alguns jogadores que já jogaram no escalão maior do futebol luso, como é o caso do experiente médio defensivo Torrão, que passou pelo Salgueiros, Campomaiorense, Alverca e Leiria. Ainda no miolo do terreno contam com Sufrim um médio canhoto que já jogou na Naval.
Na frente de ataque, contam com dois jogadores muito rápidos e perigosos nas transições, são eles o extremo Fábio Paím jovem de 22 anos que outrora era apontado como o futuro Ronaldinho, mas que agora se vê a jogar nos escalões inferiores. Dionísio avançado Guineense que tal como Paím se formou no Sporting, também é um jogador que conta com muitos golos em várias equipas das divisões inferiores.
O Vitória é claramente favorito, falta agora mostra-lo dentro do relvado. Triunfando ante o Torreense, o “sonho” de chegar ao Jamor ficará mais perto. Para isso acontecer é também importante o forte apoio dos Vitorianos, que na tarde deste Domingo devem marcar boa presença no “anfiteatro” de todos os Vitorianos.

Força Vitória e Vitória Sempre!

  Categories: