[Voleibol] Confira todos os resultados do voleibol vitoriano

equipa_voleibolSeniores Masculinos vencem Esmoriz

O Vitória venceu na deslocação a Esmoriz por 3-2 (22-25, 25-21; 22-25; 28-26; 15-11). O primeiro tempo técnico chegou com 8-7 e algum equilíbrio, muito por culpa dos erros defensivos do Vitória. O equilibrio manteve-se até ao segundo tempo técnico que chegou aos 16-15, com o Vitória mal a defender e o Esmoriz mal no serviço. A equipa vitoriana acertou mais o seu ataque, passou para a frente e chegou a 19-17 mas o seu adversário reagiu bem e voltou a igualar. Um claro erro de arbitragem deu vantagem ao Esmoriz e descontrolou o Vitória que acabou o jogo com sete jogadores em simultâneo em campo, dando o triunfo à equipa da casa por 25-22.

O segundo set começou com uma sucessão de erros por parte …. do árbitro que colocou o resultado em 5-2 para o Esmoriz. A equipa vitoriana reagiu muito bem e foi diminuindo a diferença com 6-8 no primeiro tempo técnico e igualdade aos nove pontos. Muito concentrada e conseguindo abstrair-se da arbitragem, a equipa do Vitória passou para a frente por dois pontos e conseguiu manter essa diferença até aos 16-14 do segundo tempo técnico. Daí para a frente o Vitória mantém o seu bom jogo e amplia para 21-16, com o Esmoriz a não desistir e a reduzir para 21-23. O Vitória esteve, no entanto, mais forte e venceu por 25-21.

Depois de um bom set era de esperar uma entrada em força no seguinte, aproveitando o ritmo, mas aconteceu precisamente o contrário, com uma sucessão de erros defensivos que colocou o resultado em 1-6 e depois 3-9. Os atletas vitorianos uniram-se, reagiram bem, assumiram o jogo e foram paulatinamente absorvendo a diferença que no segundo tempo técnico se cifrou em dois pontos. O Vitória acabou por igualar aos 18, fruto da melhor qualidade do seu jogo mas deixou de novo o Esmoriz fugir para 20-24 com falhas clamorosas na recepção. O set terminou em 22-25 para o Esmoriz.

Início do quarto set igual ao anterior com o marcador do parcial a chegar a 4-12 que depois se foi avolumando para o Esmoriz até aos 9-18 e 11-20. Toda a equipa jogava de uma forma desgarrada e displicente, faltava nesta altura a atitude e o carácter de Eurico Peixoto, o único com garra e vontade para se opor ao adversário. A reboque do jogador vitoriano, a equipa reduz para 20-23 e acaba por conseguir igualar a 24, depois de vencer 4 bolas de jogo para o Esmoriz. Com muito mais confiança e agora com a estrelinha do jogo venceu por 28-26.

No set final, o Vitória mostrou outra desenvoltura, jogou mais próximo do que vale e venceu por 15-11. A realçar neste jogo o final de carreira de um excelente jogador, Filipe Cruz, atleta que fez toda a sua formação no Esmoriz, representou a Selecção Nacional por diversas vezes e obteve, em representação do Vitória, um Campeonato Nacional e uma Taça de Portugal. Este era o jogo ideal para uma homenagem pública ao atleta, pela sua carreira, e os dois clubes associaram-se para o fazer.

Seniores Femininas vencem A. C. S. Mamede

O Vitória venceu, no último jogo em casa desta época, a Ac. S. Mamede por um difícil 3-2 (22-25; 25-12; 23-25; 25-15; 15-9).

O jogo previa-se complicado, como todos aqueles desta fase, em que há uma disputa muito grande entre todas as equipas pelos lugares de apuramento para a fase final, mas o Vitória tem uma equipa muito superior ao adversário e quase era surpreendido.

Tendo em conta os parciais dos sets que venceu, é possível ter uma ideia da supremacia do Vitória que subjugou o seu adversário sem piedade. Contudo houve momentos do jogo em que a equipa pareceu distante e o adversário foi aproveitando para somar pontos e acabou por vencer dois sets.

Equipa do Vitória:

Elisabete Silva, Telma Silva, Telma Nunes, Marta Esteves, Patrícia Teixeira e Cátia Rocha, no seis inicial, com a líbero Elsa Ribeiro. Jogaram ainda Inês Faria, Joana Bragança, Raquel Maia, Sara Figueiredo e Lara Gonçalves.

Juniores vencem na deslocação a Amares 

A equipa de Juniores Masculinos deslocou-se a Amares e venceu a equipa local por um claro 3-0 (25-14; 25-19; 25-14). O adversário não era de monta e a equipa vitoriana na ânsia de terminar depressa o jogo cometeu alguns erros por precipitação. Foi, contudo, um bom jogo por parte dos vitorianos que perseguem o apuramento para a final do Campeonato Nacional.

Minis A voltam a dominar 

No Torneio de Vila do Conde, os mais pequeninos atletas do Vitória voltaram a dar cartas, suplantando toda a oposição e colocando três equipas nos primeiros três lugares. Com a participação de muitos atletas e quatro equipas vitorianas, o Vitória esteve em destaque pois conseguiu ainda que a equipa menos cotada conseguisse o quinto lugar.

Iniciadas batidas em S. Mamede de Infesta 

As Iniciadas deslocaram-se a S. Mamede de Infesta e foram batidas pela Ac. S. Mamede por 3-0 (25-20, 25-22; 25-15). O primeiro set começou mal para o Vitória, que teve alguns problemas no serviço e na recepção, o que permitiu ao adversário avançar no marcador e construir uma vantagem que lhe permitiu ganhar o set. No segundo set, o jogo começou melhor para as vitorianas, que conseguiram cometer menos erros, mas o adversário avançou no marcador o suficiente para ganhar o set e não dar hipóteses de recuperação.

O terceiro set não mostrou um Vitória ao seu melhor nível, e assim a equipa da casa acabou por vencer com tranquilidade. De destacar que, apesar de terem perdido o primeiro jogo desta época, a equipa vitoriana mostrou uma vontade enorme de inverter este resultado na 2ª volta, ficando o sentimento de que “este jogo soube a pouco”.

Juvenis Femininas com dupla vitória 

As Juvenis venceram os dois jogos pela margem máxima, batendo, no sábado, o V.C. Viana por 25-23, 25-20 e 25-17 e, no domingo, o CARDES por 25-15, 28-26 e 25-15. O jogo em Viana foi muito disputado, nomeadamente o primeiro set em que as vitorianas tiveram dificuldade em distanciar-se no parcial e depois tiveram dificuldade em fechá-lo. A equipa do V.C. Viana é muito competitiva e obrigou o Vitória a estar ao mais alto nível para vencer os dois set’s seguintes de forma mais tranquila. O jogo de domingo, em casa, não era suposto dar tanto trabalho mas no segundo parcial as meninas do Vitória facilitaram a vida às adversárias e viram-se a perder por 5-13. Conseguiram reagir a tempo e rectificar as falhas, vindo a vencer nas vantagens. Nos outros dois set’s não houve história vencendo o Vitória por 25-15.

Iniciados Masculinos vencem o Gueifães 

A equipa de Iniciados Masculinos “matou o “borrego”, ao vencer no seu Pavilhão o Gueifães, um adversário de grande nível e uma das poucas equipas a quem os vitorianos nunca tinham vencido. Neste jogo estavam frente a frente as duas equipas que lutam pelo segundo lugar na Série A, visto que o primeiro lugar estará entregue à Académica de Espinho, que tem vencido todos os encontros efectuados. Neste encontro, ambas as equipas sabiam da importância do resultado final, pois uma vitória significaria uma ligeira vantagem para a equipa vencedora.

A formação do Vitória entrou mal no jogo, entrou nervosa e sem garra, garra essa que o adversário evidenciou sempre que festejava um ponto. O treinador vitoriano viu-se obrigado a pedir um desconto de tempo quando o resultado se encontrava em 1-5 a favor do Gueifães. Após o pedido de tempo, a equipa vitoriana foi recuperando lentamente no resultado e no final da primeira rotação o resultado era favorável aos nossos jovens por 10-9. Até final do set manteve-se sempre um grande equilíbrio, mas com o Vitória em vantagem no marcador. O resultado de 25/20 no final do set espelha a grande recuperação dos vitorianos após o desconto de tempo pedido pelo seu técnico, mas sobretudo a maior eficácia no serviço, recepção e bloco onde durante todo o encontro esteve muito bem.

Com a obrigatoriedade de neste escalão terem de se trocar três elementos de set para set, ficou mais equilibrada a equipa forasteira, que venceu o 2º set por 21/25, que aproveitou muito bem as deficiências dos nossos jovens, na recepção ao serviço e no ataque, acrescentando que o distribuidor vitoriano esteve em campo ligeiramente lesionado e com algumas dificuldades ao nível das penetrações.

No terceiro e quarto set, saiu vencedora a equipa vitoriana, mas poderia muito bem ser o seu adversário. Venceu quem melhor esteve no serviço e aí Zé Rodrigues, Rui Bessa e Pedro Costa foram exímios e mas mais uma vez o bloco de Marco Faria, João Monteiro e do capitão de equipa Gonçalo Costa foram determinantes para a vitória, sem esquecer alguns dos miúdos mais novos como Zé Castelar, Marco Sampaio, Diogo Gonçalves, David Vieira, João Carlos e Alexandre, que contribuíram em muito para esta magnifica vitória.

Cadetes perdem na negra 

Antevia-se um jogo espectacular e foi realmente um grande encontro de voleibol o que se jogou em Braga, entre a equipa local e o Vitória. O Sp. Braga venceu por 3-2 (25-20; 21-25; 25-17; 14-25; 15-9) mas a equipa vitoriana jogou ao mesmo nível ou ainda melhor, pelo que se vencesse era de igual forma merecido. Foram cinco sets de muita entrega por parte das vitorianas, com momentos de muito bom jogo, nomeadamente, no quarto set em que venceu de forma clara por 25-14. Mas do outro lado estava também uma grande equipa que acabou por ser mais feliz no set final e venceu o jogo.